Por pbagora.com.br

O candidato ao Senado Ivo Cassol (PP-RO), que havia sido considerado "ficha-suja" pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Rondônia, teve sua candidatura liberada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A decisão, tomada ontem, foi divulgada nesta sexta-feira (20) pelo órgão.

No início do mês, Cassol, que é ex-governador de Rondônia, havia tido sua candidatura indeferida pelo TRE-RO.

Ele havia sido cassado por este tribunal por compra de votos nas eleições de 2006, mas conseguiu uma liminar no TSE para impedir sua cassação até o julgamento de todos os recursos propostos.

No julgamento de sua candidatura, o TRE-RO considerou que a liminar do TSE não impedia que Cassol fosse barrado pela Lei da Ficha Limpa, uma vez que havia sido condenado por órgão colegiado.

A decisão de ontem do TSE, porém, considera que a liminar que suspendeu a cassação impede a aplicação da Lei da Ficha Limpa.

 

 

UOL

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy garante recursos e comemora início das obras para reabertura do CAIC de Mangabeira

Estrutura escolar abandonada desde 2012, o antigo CAIC de Mangabeira vai ser reconstruído e voltar a funcionar como reitoria e sede das escolas técnicas do Instituto Federal da Paraíba (IFPB).…

PBAgora/Datavox: expectativa de vitória pró Cícero é de 55,4%

A pesquisa Datavox, contratada pelo portal PB Agora, divulgada nesta quinta-feira (26) apontou o candidato Cícero Lucena (PP) com a maior expectativa de vitória na opinião dos entrevistados. Para 55,4%…