Por pbagora.com.br

Ex-governador cassado ‘cai na Ficha Limpa’ e tem candidatura a senador barrada pelo TRE

O ex-governador de Rondônia Ivo Cassol (PPS) teve a candidatura barrada, ontem, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com base na Lei da Ficha Limpa. A impugnação de Cassol, que sairia candidato ao Senado, foi feita pelo Ministério Público Eleitoral.

Cassol foi cassado pela Justiça Eleitoral por compra de votos nas eleições de 2006. Ele chegou a ser afastado por 90 dias do cargo em maio do ano passado. No entanto, só deixou o governo em março deste ano para disputar a eleição.

No Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Cassol conseguiu uma liminar para impedir a sua cassação. Porém, para os juízes do TRE, essa decisão não impede que ele seja barrado pela Ficha Limpa. Para a defesa do ex-governador, a liminar do TSE anula os efeitos da nova lei.

O ex-governador do Acre, Romildo Magalhães, também teve a candidatura cassada pela Justiça ontem. Magalhães concorria ao cargo de deputado estadual pelo PSC.

O TRE do Acre levou em consideração o fato de Magalhães constar nas listas de irregularidades dos tribunais de contas da União e do Estado.

Na época em que ele foi governador do Estado, entre 1992 e 1994, o político não prestou contas de recursos repassados pela extinta Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).

Outro político que teve a candidatura indeferida no Acre foi Francisco Amorim, do PP. Assim como Magalhães, Amorim era candidato a deputado estadual e teve as contas de sua administração como prefeito em Rodrigues Alves (AC) negadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Em um julgamento em 2005, o então prefeito Francisco Amorim foi condenado por improbidade administrativa, ou seja, falsificação da assinatura para prestação de contas de verbas desviadas. Os candidatos não foram encontrados para comentar as cassações.
 

Confira: Ivo Cassol cai na Ficha Limpa Nacional

 

 

Diário do Nordeste

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ana Claudia está de volta à equipe do 1° escalão do governo João

O governador João Azevêdo (Cidadania) promoveu o retorno de Ana Claudia Vital do Rêgo (PODE) à sua equipe de governo, na função de Secretário de Estado do Desenvolvimento e da…

Cícero Lucena nega troca do PP pelo PSB: “A notícia não procede, jamais cogitei”

O prefeito eleito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), emitiu nota no início da tarde desta quinta-feira (03) para desmentir a informação sobre uma movimentação de bastidores dando conta de…