Por pbagora.com.br

Os Estados Unidos registraram mais de 4 mil mortes por Covid-19 ontem (7), segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, o maior número já registrado por um país na pandemia. Foram 4.085 óbitos e 274.703 casos nas últimas 24 horas.

O número de infectados de ontem só perde o recorde de 301.858 casos registrados no sábado (2), e é o quinto dia desde 29 de dezembro que mais de 3,7 mil pessoas perderam a vida nos EUA por complicações relacionadas ao coronavírus.

Em uma semana, os EUA registraram quase 20 mil mortes e mais de 1,5 milhão de casos.
País mais afetado pelo novo coronavírus, os EUA têm mais de 365 mil mortes e 21,5 milhões de infectados por Covid até agora. O Brasil é o segundo e superou os 200 mil óbitos também na quinta.
MEMORIAL DAS VÍTIMAS DE COVID-19
As contagens diárias de mortes nos Estados Unidos já são maiores do que as registradas durante a primeira onda da pandemia, entre março e abril de 2020, quando o país registrava em média 2 mil óbitos por dia.

Situação crítica em Los Angeles
Na segunda-feira (4), a imprensa americana informou que ambulâncias de Los Angeles, segunda maior cidade dos EUA, foram orientadas a não transportar pacientes que tenham poucas chances de sobrevivência.

Segundo o jornal “Los Angeles Times”, isso ocorre por falta oxigênio nos hospitais da região devido à superlotação de pacientes com Covid-19.

O governo da Califórnia estima que a situação vá piorar nos próximos dias, como reflexo da disseminação do coronavírus nas festas de fim de ano.

A presença da nova variante B.1.1.1.7, que os cientistas dizem ser mais transmissível, aumenta a preocupação.

Redação com G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governador nomeia irmão de Adriano Galdino como Secretário de Articulação Política da PB

O governador João Azevedo (Cidadania) nomeou via a edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (14), o ex-vereador de Campina Grande, Murilo Galdino, irmão do presidente da Assembleia Legislativa…

Eleições 2020: termina hoje prazo para justificar ausência no 1º turno

O eleitor que não compareceu às urnas no primeiro turno das eleições municipais de novembro tem até esta quinta-feira (14) para justificar a ausência. Caso o procedimento não seja realizado,…