O prefeito de Bananeiras, Douglas Lucenas, do PSB, admitiu, na tarde desta quarta-feira (29), durante entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, que foi quem fez a gravação contra um juiz da comarca da cidade.

O candidato derrotado, Matheus Bezerra (PMDB) teria exercido pressão sobre o juiz Jailson Suassuna para conseguir o resultado da cassação.

No áudio o juiz deixa claro que teme estar sendo grampeado pelo desembargador Zeca Porto, e orienta o prefeito como recorrer da sua própria sentença indicando os pontos mais frágeis para reforma-la no tribunal. 

"Eu fiz a gravação sim, e eu sou um operador do direito e posso garantir que essa gravação é lícita" disse.

Ainda ontem, na tribuna da Câmara dos Deputados, Efraim expôs o caso e pediu a apuração dos fatos.

 

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA



PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Para debater a PB, rixa entre adéptos de Lula e Bolsonaro deve ficar de lado, diz Efraim

O deputado federal Efraim Filho (Democratas) declarou que espera que no Brasil, nem tampouco na Paraíba, volte o tempo em que a bandeira política definia se um estado ou município…

ANÁLISE: aparecimento de Cássio sem ser convidado, escanteou Romero e gerou problemas com aliados…”

O discurso – aparentemente forjado – de que o ex-senador Cássio Cunha Lima não está querendo nada com política, é uma tremenda balela. Ele quer, sim. E como quer!… Mais…