O prefeito de Bananeiras, Douglas Lucenas, do PSB, admitiu, na tarde desta quarta-feira (29), durante entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, que foi quem fez a gravação contra um juiz da comarca da cidade.

O candidato derrotado, Matheus Bezerra (PMDB) teria exercido pressão sobre o juiz Jailson Suassuna para conseguir o resultado da cassação.

No áudio o juiz deixa claro que teme estar sendo grampeado pelo desembargador Zeca Porto, e orienta o prefeito como recorrer da sua própria sentença indicando os pontos mais frágeis para reforma-la no tribunal. 

"Eu fiz a gravação sim, e eu sou um operador do direito e posso garantir que essa gravação é lícita" disse.

Ainda ontem, na tribuna da Câmara dos Deputados, Efraim expôs o caso e pediu a apuração dos fatos.

 

OUÇA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA



PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPF ajuíza ação de improbidade contra prefeito do Sertão

O Ministério Público Federal (MPF) em Patos (PB) ajuizou ação de improbidade contra Aldo Lustosa, prefeito de Imaculada, município localizado no Sertão paraibano; mais oito pessoas (Dineudes Possidônio, Madson Lustosa,…

Ex-vereador de CG tentará carreira política na cidade de Cabedelo em 2020

O ex-vereador de Campina Grande Murilo Galdino (PSB), deverá transferir o seu domicílio eleitoral para a cidade portuária de Cabedelo. Murilo que é irmão do presidente da Assembleia Legislativa, o…