Braço direito do governador Ricardo Coutinho, do PSB, a deputada estatual Estela Bezerra (PSB) descartou encarar a disputa pela sucessão estadual, mas avaliou que o nome a ser escolhido par ao grupo tem que ser definido com cautela para que não haja erros.

 

Segundo ela, não apenas o critério técnico da capacidade administrativa deve ser colocado na balança, mas também a densidade eleitoral. Ela lembra que a capacidade de atrair apoios e formar alianças ainda é importante no campo político e não pode ser menosprezada.

 

“Existem dois critérios que considero fundamental. O primeiro é ter a condição, a capacidade de dar andamento ao que nós estamos construindo com a liderança de Ricardo, que não é um desafio pequeno, mas quanto mais se tem conhecimento do processo, quanto mais visão se tem do futuro, mais pessoas podem estar qualificadas a fazê-lo. A outra questão é ter capacidade de atrair apoiadores, alianças, acho que o campo da política ainda é importante e se faz importante para você escolher um nome e escolher um campo de aliança que possa ser vitorioso nas urnas, é preciso ter capacidade administrativa e é preciso ter densidade eleitoral”, disse.

 

A parlamentar preferiu não citar nomes, mas reforçou que a legenda tem vários quadreos e que a partir de agora vai passar a discutir internamento para fazer a melhor avaliação para chegar a um consenso.

 

“Eu acho que o PSB tem nome, mas precisa dialogar no campo das alianças para consensuar um nome forme para vencer a eleição na urna”, arrematou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tréplica: em nota, associação do MP repudia declarações de RC contra entidade

A Associação Paraibana do Ministério Público (APMP) divulgou, nesta segunda-feira (25), nota de repúdio para rebater as declarações do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), em ‘live’ pelas redes sociais…

Futuro presidente do TSE já admite possibilidade de adiamento das eleições

O novo coronavírus está mexendo não só com a saúde da população mundial e brasileira, mas aqui no país também pode mudar as datas do primeiros e segundo turnos das…