Por pbagora.com.br

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, José Ricardo Porto, endossou, nesta terça-feira (26) a tese defendida pelo novo ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Luís Alberto Barroso sobre a realização das eleições municipais esse ano, sem a necessidade de prorrogação de mandato de prefeitos e vereadores.

De acordo com Zeca Porto, o Tribunal da Paraíba está preparado e equipado para realizar o pleito de forma democrática e eficiente, seja qual for a data estabelecida.

“O ministro Barroso descartou qualquer possibilidade de prorrogação de mandatos, pois na sua ótica, como na ótica do povo brasileiro, que pensa e exerce a democracia em toda a plenitude, essa prorrogação de mandato seria absolutamente antiestético e iria confrontar com o estado democrático de direito. O TER da Paraíba, através de toda a sua equipe, de valorosos servidores, estamos absolutamente preparados e equipados para realizarmos as eleições do ano de 2020, seja qual data for estabelecida, pois temos acima de tudo um compromisso com o povo paraibano de lisura, de eficiência onde a livre manifestação do pensamento, da vontade do eleitor, será assegurada em toda plenitude”, ressaltou.

A declaração do presidente do TRE da Paraíba ocorre no mesmo dia em que prefeitos paraibanos defenderam, em uma carta conjunta, a prorrogação dos atuais mandatos até 2022 com a unificação das eleições estaduais e municipais e a extensão do mandato por cinco anos para todos.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Justiça decreta bloqueio de bens de ex-presidente da Câmara de Cabedelo

A 4ª Vara Mista de Cabedelo deferiu a liminar requerida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) e decretou a indisponibilidade dos bens até o limite de aproximadamente R$ 801 mil…

Julian Lemos crítica Bolsonaro: “O homem que está no poder, não é o que elegemos”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL, usou seu perfil numa rede social para para fazer um desabafo a respeito do presidente da República, Jair Bolsonaro. Na postagem, Julian critica…