Após disputar sem sucesso o mandato de deputado federal, o vereador de Campina Grande, Pimentel Filho questionou em entrevista, a Rádio Panorâmica FM a escassez na estrutura financeira da campanha eleitoral do PSD na Paraiba.

 

O vereador que está no quinto mandato e já tentou conquistar cadeira na Assembleia Legislativa e este ano, na Câmara Federal, disse que o poder econômico foi um fator importante para a eleição dos candidatos que estavam concorrendo na campanha de 2018.

 

Pimentel Filho revelou ter falado com o presidente do partido, ministro Gilberto Kassab), para tentar obter recursos, mas que todo o fundo financeiro eleitoral que foi direcionado para o partido no Estado foi enviado a algum candidato que não concorreu a cargo federal.

 

– A gente tem que analisar essa questão, porque o partido se encolheu a quase nada na Paraíba – declarou.

 

O vereador informou que o partido recebeu 300 mil reais para colaboração na campanha política e que nenhum centavo foi direcionado para a campanha dele.

Pimentel declarou não ter recebido apoio financeiro nem apoio político em relação à tentativa de eleição.

 

– O meu partido em Campina Grande trabalhou para todo mundo, menos para seus candidatos – reclamou.

PB Agora

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Já são três os secretários de Romero que miram disputa pela PMCG

A disputa eleitoral da Prefeitura Municipal de Campina Grande em 2020 deve dividir a base do prefeito Romero Rodrigues (PSD). Pelo menos três secretários de Romero garantem que são pré…

Análise: prefeita do Conde faz pacto com “Drácula” e contrata empresas investigadas pela Calvário

O Calvário é mencionado em todos os quatro evangelhos quando relatam a crucificação de Jesus. Mas não é esse episódio bíblico que vou tecer comentários. O Gólgota em discussão está…