Por pbagora.com.br

À frente da Comissão de Direitos Humanos na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) na gestão do ex-presidente Adriano Galdino, o deputado Frei Anastácio usou seu tempo regimental na tribuna do plenário da Casa para tornar público seu interesse de continuar na presidência da comissão. O comunicado foi feito na última quinta-feira (9), enquanto a sessão era presidida pelo presidente eleito para o segundo biênio, deputado Gervásio Maia.

Frei Anastácio declarou que solicitou, não só sua permanência na Comissão de Direitos Humanos, a qual preside, mas também demonstrou interesse em permanecer como membro da Comissão de Orçamento. “Fiz isso porque a bandeira que defendemos no mandato está muito próxima a isso, a todo o trabalho que estamos fazendo junto aos Conselhos Tutelares, junto às questões das crianças e dos adolescentes, à questão dos policiais, à questão da luta pela terra e à violência”, disse o deputado.

Para o Frei Anastácio, nos últimos dois anos, sob sua gestão, a Comissão de Direitos Humanos teve visibilidade com a realização de audiências públicas, dentro e fora da Assembleia. “Falei com o presidente, fiz o ofício ao presidente e estou falando com o líder. Quanto a questão da Comissão de Orçamento, é uma comissão que tem um papel importante em termos de elaborações de emendas e gostaria de participar para poder contribuir melhor”, afirmou o deputado.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Aguinaldo revela que não tem dificuldades de firmar aliança com o governador

O deputado federal, Aguinaldo Ribeiro, presidente do Progressista, em entrevista a imprensa afirmou ontem (20) que a sigla vai está na majoritária, nas eleições de 2022 e não tem dificuldades…

Privatização dos Correios: veja como votou a bancada da Paraíba

Na noite de ontem (20/4), a Câmara dos Deputados votou em caráter de urgência o projeto que facilita a privatização dos Correios. Foram 280 votos favoráveis, 165 contrários e 1…