A Paraíba o tempo todo  |
CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Enivaldo aponta Cícero como responsável por atrair Cidadania para palanque do PP: “Ele que procurou João”

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O presidente estadual do Progressistas, na Paraíba, e atual vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro, voltou a destacar que uma composição com o Cidadania do governador João Azevêdo não será extensivo a todas as cidades do Estado onde o partido terá candidatura própria, mas apenas onde a união for possível, respeitando cada realidade local.

A declaração foi veiculada durante entrevista ao Jornal Notícias da Hora, transmitido pela Rádio Universidade 105.1 FM na cidade de Patos, nesta quinta-feira (03).
Segundo Enivaldo, em João Pessoa, por exemplo, o responsável pela aliança foi o ex-senador Cícero Lucena (PP), que procurou o governador, conversou, e conquistou o apoio.

Em Campina Grande, no entanto, essa aliança não será possível, inclusive, de acordo com ele, os dois partidos deverão figurar em chapas adversárias na disputa que se avizinha na Rainha da Borborema.

“Quando foi feito o apoio em João Pessoa, foi feito diretamente através de Cícero Lucena. Foi ele que procurou o governador e o governador apoiou e isso aí foi bem definido que cada município tem uma história. Aqui em Campina Grande, por exemplo, temos uma história diferente e deveremos ter um adversário apoiado pelo governador. Pelo que a gente sabe deve ter. E em outros municípios como Cajazeiras, que o prefeito de lá não tem a mínima condição de ter o apoio do governador, que terá um candidato diferente. Mas onde for possível conciliação se faz, onde não for possível não se faz. Respeitando cada município”, destacou.

O dirigente ainda pontuou que o Progressistas segue com entendimentos em várias cidades intensificando contato com lideranças e deve trazer novidades até o último dia estipulado para a realização das convenções.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe