Na manhã desta quarta-feira (29), foi preso em Curitiba, o empresário Hilário Ananias Queiroz Nogueira, que estava foragido desde a deflagração da sétima fase da Operação Calvário.

Hilário é apontado na investigação como responsável pela Conesul Comercial e Tecnologia Educacional Eireli e integrante do núcleo econômico investigado na Operação Calvário.

A defesa impetrou pedido de habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Gadelha critica ‘política arcaica’ protagonizada por Cartaxo em JP e cutuca gestor

Diferentemente do presidente estadual do PSC, Marcondes Gadelha, que teceu elogios ao prefeito Luciano Cartaxo (PV), mesmo optando por não seguir com o gestor na campanha eleitoral que se avizinha…

Presidente do PSOL critica medidas adotas por Cartaxo no combate à Covid-19: “Eu avisei”

O presidente estadual do PSOL na Paraíba, Tárcio Teixeira, lamentou, por meio de suas redes sociais, nesta terça-feira (14), o aumento do número de casos de coronavírus na Paraíba, sobretudo…