Por pbagora.com.br

 E continua o impasse entre a MB Empreendimentos, empresa responsável pela limpeza urbana no município de Bayeux/PB e o prefeito da cidade, Berg Lima, do PTN. A MB alega que em virtude do não cumprimento dos repasses da prefeitura é que suspendeu os serviços de limpeza urbana na cidade. Ontem (12) a empresa enviou uma nota justificando os motivos da suspensão e que vai garantir o que determina a Lei, ela abaixo:

 

 

 

NOTA:

 

A MB Empreendimentos, empresa responsável pela limpeza urbana no município de Bayeux/PB, em virtude dos últimos acontecimentos, vem a público prestar os esclarecimentos abaixo:


SITUAÇÃO FINANCEIRA DO CONTRATO

 

 

As faturas referentes aos meses de Outubro/2016, Novembro/2016 e Janeiro/2017 encontram-se pendentes de pagamento. Sendo que as faturas de 2016 seriam pagas através de cheque em 29/12/2016. Ocorre que em 02/01/2017, mesmo com disponibilidade de saldo em conta, o cheque foi sustado pela prefeitura municipal, sem maiores esclarecimentos.


A soma destes valores é superior a R$ 1.000.000,00 (Um milhão de reais), o que vem ocasionando desequilíbrio econômico no presente contrato, impedindo que a empresa continue arcando pontualmente com suas obrigações como sempre fez, principalmente com funcionários. Estamos no aguardo sobre a previsão de pagamento, oferecendo inclusive a possibilidade de parcelamento do débito.


Simultaneamente informamos que sensibilizados com os apelos que temos recebido por parte de funcionários, seus familiares e demais munícipes, somos solidários a esta situação de penuria daqueles que têm fome e não podem esperar. E com muito esforço estaremos disponibilizando nesta segunda feira pela manhã o credito referente ao vale alimentação de todos os trabalhadores, mesmo sem qualquer informação do pagamento por parte da prefeitura.

 

RETOMADA DAS ATIVIDADES

 

A atual paralisação por parte dos garis em conjunto com o SINDLIMP não conta com o apoio desta empresa e fere inclusive a própria Lei de Greve, que determina que no mínimo 30% do efetivo continue trabalhando. Diante do efetivo impacto da limpeza urbana na saúde pública do município, fazemos um apelo ao SINDLIMP retomem pelo menos parcialmente as atividades como forma de sanar o caos que encontra-se atualmente na cidade, até para que a prefeitura tenha mais tempo para pronunciar-se sobre uma solução.


Estendemos o apelo também a prefeitura municipal para que sensibilize-se com a situação tanto dos garis que estão sem receber quanto dos munícipes que estão sem coleta de lixo e em conjunto possamos viabilizar uma solução URGENTE, seja com o efetivo pagamento, seja com parcelamento ou pelo menos com uma previsão de pagamento.


Por fim, reafirmamos nossa disponibilidade ao diálogo, na busca de alternativas para resolução deste impasse.

 

Leia também: Prefeitura de Bayeux não paga a empresa e garis viram “pedintes”


Redação

Notícias relacionadas

“As pessoas que me fazem mal, 48h depois eu tou curado” diz Manoel Junior sobre relacionamento com Cartaxo

O prefeito da cidade de Pedras de Fogo, Manoel Júnior, que já foi vice-prefeito de João Pessoa por 2 vezes, comentou na manhã desta quinta-feira, dia 22, durante entrevista à…

Aguinaldo revela que não tem dificuldades de firmar aliança com o governador

O deputado federal, Aguinaldo Ribeiro, presidente do Progressista, em entrevista a imprensa afirmou ontem (20) que a sigla vai está na majoritária, nas eleições de 2022 e não tem dificuldades…