Por pbagora.com.br

Diplomado governador da Paraíba na noite desta terça-feira (18), no Teatro A Pedra do Reino, João Azevêdo (PSB), além de relembrar o passado político do estado, garantiu que a liberdade democrática contiuará e não haverá espaço para oportunismo e cabresto. A solenidade realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) entregou o diploma também aos deputados estaduais e federais, assim como para os senadores eleitos. 

Convidado a discursar em nome de todos os diplomados, João destacou que  diploma recebido pelos eleitos é uma carta de compromisso com o povo da Paraíba. O governador eleito fez questão de lembrar que o mandato é passageiro, mas as benfeitorias em prol da população ficam pra sempre. O socialista afirmou que dará continuidade ao trabalho iniciado ao governador Ricardo Coutinho. “Nos próximos quatro anos, mudam os personagens, mudam estilos e métodos, mas a postura continuará a mesma. Pois o povo aprovou o que viu. Esse é o ensinamento que devemos levar “, disse

João afirmou que contiinuará atuando no combate a seca, pela redução dos índices de violência e por mais investimento na educação, e que não haverá espaço para aqueles que desejam contrariar as ações de sua gestão. “Não haverá espaço para oportunismo, demagogia, manipulação, cabresto, dependência, ignorância”, pontuou.

 

PB Agora

 

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Notícias relacionadas

Leo Bezerra destaca parceria em ações conjuntas entre governo da PB e PMJP

Na tarde desta quarta-feira (24) durante entrevista à Rádio Pop FM, o vice-prefeito de João Pessoa, Leo Bezerra destacou a parceria entre o governo do Estado e a Prefeitura Municipal…

Ex-gestor tem contas reprovadas e terá de devolver R$ 1,5 milhão a Pedras de Fogo

As contas das Prefeituras de Pedras de Fogo, exercício de 2018, na gestão do ex-prefeito Dedé Romão, foram reprovadas, à unanimidade, pelo Tribunal de Contas do Estado, em sessão ordinária,…