Apesar de desacreditada, a classe política paraibana ainda tem alguns exemplos que valem a pena, sobretudo no que diz respeito a palavra dada. A análise é do suplente de deputado estadual, Anísio Maia (PT), que se prepara para tomar posse na Assembleia Legislativa da Paraíba, graças ao cumprimento de um acordo verbal firmado com o Avante na Paraíba, ainda na épica da campanha eleitora.

Segundo Maia, em um momento político em que as palavras das pessoas valem pouco, o Avante, comandado na Paraíba pelo deputado Genival Matias, mostra o contrário, que na palavra dele pode confiar porque é verdade.

“No momento em que as palavras das pessoas valem pouco, os companheiros do Avante estão mostrando que a palavra deles vale de verdade. Quando nós estabelecemos a coligação entre o PT e o Avante, um dos pontos que reforçou essa união foi exatamente o rodízio entre os parlamentares eleitos e não eleitos, ou seja, os suplentes, e agora está sendo cumprido esse rodízio”, destacou.

Apesar de voltar ao parlamento, Anísio reforça que continuará na roça, exercendo o que sabe o que gosta de fazer – agricultura familiar.

“Eu defendo a agricultura familiar e pratico a agricultura familiar. Tenho até fotos com a minha produção, e não vou deixa-la. O fato de retornar a Assembleia não quer dizer que eu vou deixar de lado minhas atividades profissionais, até porque minha profissão não é deputado. Minha profissão é veterinário e agricultor”, arrematou.

 

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano consegue 40 respiradores para CG e JP, junto ao Ministério da Saúde

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) conseguiu viabilizar, junto ao Ministério da Saúde, a destinação de 40 respiradores mecânicos para a Paraíba, sendo que 20 serão para Campina Grande…

“Quando se tem críticas, não é confortável ficar”, diz Eduardo Carneiro sobre racha com Cartaxo

O deputado estadual Eduardo Carneiro, que anunciou nesta sexta-feira (05) o rompimento do seu partido, o PRTB, com a gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PV), em João Pessoa, deu detalhes…