Por pbagora.com.br

Com a proximidade da Copa do Mundo e da apresentação por parte do vereador líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa, Léo Bezerra (PSB), de um requerimento solicitando à prefeitura da Capital o relatório da comissão especial criada pelo prefeito Luciano Cartaxo (PV) para apurar denúncias da Controladoria-Geral da União e da Polícia Federal sobre desvios de verbas públicas na obra de revitalização da Lagoa, da ordem de R$ 10 milhões, o prefeito já anunciou uma pauta para os próximos dias, trata-se de uma viajem para a Cracóvia, na Polônia, país que fica a apenas 1.263 Km da Rússia, sede da Copa.

 

O prefeito Cartaxo (PV), participará oficialmente de da XII Reunião Anual da Rede Cidades Criativas da Unesco. João Pessoa busca financiamento de cem milhões de dólares junto ao órgão da ONU desde 2013, primeiro ano da gestão de Luciano Cartaxo.

 

Informações de bastidores dão conta de que a viagem do prefeito, além de oficial, foi providencial, uma vez que a reunião acontece entre os dias 9 e 16 deste mês. Um dia depois é a estreia do Brasil na Copa do Mundo, que acontece na Rússia, bem pertinha da Polônia há apenas 1.263 km.

 

Dados disponíveis no Portal da Transparência revelam que a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) está desembolsando a quantia de R$ 10.281,00 para que o prefeito Luciano Cartaxo possa ir até a cidade de Cracóvia, na Polônia. Os mais de R$ 10 mil empenhados pela PMJP correspondem ao pagamento de 7,5 diárias para viagem em questão.

""

Caso da Lagoa – Segundo o vereador socialista, caso não obtenha novamente nenhuma resposta da prefeitura, vai protocolar pedido no Ministério Público da Paraíba para que o relatório seja disponibilizado para os vereadores.

""

“O prefeito não responde às nossas perguntas, ignora nossos requerimentos, não existe diálogo com a câmara”, afirmou. De acordo com a portaria 912, publicada no Semanário Oficial em 19 de junho de 2017, o prefeito determina a apuração de “eventual responsabilidade administrativa de servidores municipais relacionadas ao contra de repasse nº 1003534-18 – Revitalização do Parque Solon de Lucena”, disse Léo.

 

Redação

Notícias relacionadas

Na PB, PSOL aponta prejuízos para servidores com reforma administrativa

O ex-presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, comentou postura de deputado paraibano contra a PEC 32, que discute a Reforma Administrativa na Câmara dos Deputados. Em seu perfil nas redes…

Opinião: na PB, uma terceira via política quase nunca existiu, e a história conta

A história da Paraíba sempre foi acompanhada por eventos políticos, confrontos violentos. Assassinatos históricos. Tratados de paz e embates bélicos travados, por exemplo, entre franceses e portugueses. Tabajaras e potiguaras.…