A Paraíba o tempo todo  |

Em CG: petista diz que julgamento de Dilma é político

A secretária de Comunicação do PT em Campina Grande Socorro Ramalho reafirmou nesta segunda-feira, que o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) é um golpe e a Constituição Federal está sendo rasgada: Para ela, se trata de um “julgamento é político”.

Com o processo em andamento no Senado Federal, Socorro Ramalh disse que o julgamento é injusto visto que a petista não cometeu crime de responsabilidade fiscal.

 

– Esse julgamento é estritamente político, atende aos interesses da elite brasileira que concentra em si a maior parte da riqueza nacional e que não admite, por hipótese alguma, que os trabalhadores tenham garantido os mínimos direitos. Além do que, o Brasil está tirando uma pessoa que foi eleita com 54 milhões de votos e está assumindo uma pessoa indicada. Na realidade, nós estamos vivendo um golpe – lamentou.

Em entrevista a Rádio Campina FM, a secretária lamentou a postura de pessoas se alimentaram durante todo esse tempo dos espaços do governo e da forma democrática que a presidente sempre tratou a todos para retirar os direitos conquistados pela classe trabalhadora.

– O objetivo é um só: facilitar a vida dos grandes empresários, dos grandes banqueiros, dos grandes comerciantes, da elite financeira desse país em detrimento dos direitos da classe menos favorecida – disse.

 

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe