A Paraíba o tempo todo  |

Em Brasília, Ciro diz que se perder eleição este ano não disputará mais: “Chega!”

Esta é a quarta vez que o ex-governador do Ceará disputará a Presidência da República

1998, 2002 e 2018. Nas três vezes em que disputou a Presidência da República Ciro Gomes (PDT) jamais foi ao segundo turno. Para o ex-governador do Ceará, esta será a última vez em que concorrerá ao cargo eletivo mais alto do país e, se perder, não será mais candidato.

Durante discurso proferido nesta sexta-feira (29) na Universidade de Brasília (UnB), Ciro defendeu que o momento é de finalmente discutir a economia do país, mas que se não for eleito, desiste de tentar o cargo, pois passou a ser visto como “chato” e “destemperado”.

– Nós temos que colocar em perspectiva que o Brasil precisa discutir finalmente, de forma inadiável, o modelo econômico. Esta é a razão pela qual eu, pela quarta vez, tento ser presidente do Brasil. Claro que, desta vez, chega. Porque, se eu não ganho agora, vou botar a viola no saco porque eu virei o bico falante, o chato, o destemperado –  declarou Ciro.

De acordo com a última pesquisa divulgada pelo Instituto Data Folha, Ciro aparece em terceiro lugar, atrás de Lula (PT) e Bolsonaro (PL).

 

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe