A Paraíba o tempo todo  |

Eleições indiretas no TO está na pauta do TSE

Eleições indiretas em Tocantins na pauta de julgamentos do STF desta quarta-feira (7)


O Supremo Tribunal Federal (STF) analisa na sessão Plenária desta quarta-feira (7) o pedido de liminar feito pelo PSDB em duas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADI 4298 e 4309) ajuizadas para impedir a realização de eleições indiretas para governador de Tocantins, marcadas para a noite do próximo dia 8. O relator das ADIs é o ministro Cezar Peluso. O Plenário deverá analisar se suspende ou não a realização das eleições.

Em 25 de junho de 2009, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, por unanimidade, cassar o governador e o vice-governador do estado de Tocantins, Marcelo de Carvalho Miranda e Paulo Sidnei Antunes. O TSE determinou ainda, por maioria de votos, que a sucessão do governador e do vice cassados deveria ser feita por meio de eleição indireta.

STF

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe