O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu as eleições suplementares nos municípios de Marcação e Itapororoca que aconteceriam no próximo dia 19.

 

De acordo com o advogado Demetrius Almeida Neto, o Partido dos Trabalhadores (PT) e o PRB de Marcação entraram com um mandato de segurança com pedido de liminar com o objetivo de suspender as eleições.

 

O advogado justificou o ingresso da ação devido “ao curto prazo com que a Corte Eleitoral marcou as eleições, ferindo a legislação”.

 

O mandato de segurança foi impetrado no dia 24 de novembro e teve o despacho do ministro Marco Aurélio no dia 27 e deve ser publicado nesta quarta-feira (01) no Diário da Justiça.

 

Demetrius Almeida Neto explicou que após esta decisão, o ministro Marco Aurélio levará o caso a plenário para julgamento do mérito.

 

 

 

Correio da Paraíba

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian não assinou lista que alçava filho de Bolsonaro à liderança do PSL

Os áudios polêmicos do deputado federal Julian Lemos e de Jair Bolsonaro, amplamente divulgados na imprensa, além da informação de que o presidente teria uam ‘lista negra’ de traidores e…

Julian ironiza facada de Bolsonaro e diz que partido virou máquina milionária

Um áudio vazado de uma reunião entre membros do PSL de Aracaju (SE) com a presença do vice-presidente nacional e presidente da sigla na PB o deputado federal Julian Lemos…