O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu as eleições suplementares nos municípios de Marcação e Itapororoca que aconteceriam no próximo dia 19.

 

De acordo com o advogado Demetrius Almeida Neto, o Partido dos Trabalhadores (PT) e o PRB de Marcação entraram com um mandato de segurança com pedido de liminar com o objetivo de suspender as eleições.

 

O advogado justificou o ingresso da ação devido “ao curto prazo com que a Corte Eleitoral marcou as eleições, ferindo a legislação”.

 

O mandato de segurança foi impetrado no dia 24 de novembro e teve o despacho do ministro Marco Aurélio no dia 27 e deve ser publicado nesta quarta-feira (01) no Diário da Justiça.

 

Demetrius Almeida Neto explicou que após esta decisão, o ministro Marco Aurélio levará o caso a plenário para julgamento do mérito.

 

 

 

Correio da Paraíba

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Novo prefeito de Patos deve ser definido hoje após eleição na Câmara

Considerada uma das mais importantes cidades do Sertão, a prefeitura de Patos, deve saber quem é seu novo gestor nessa sexta-feira (23), após as 18h em eleição marcada para a…

TRF-5 deve retomar julgamento de processo contra Enivaldo Ribeiro

Nos próximo 15 dias deverá ser retomado, pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), o julgamento do processo da Operação Sanguessuga envolvendo o vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro.…