Ao analisar o canário político para as eleições municipais de 2020, o presidente estadual do Podemos, vereador campinense Galego do Leite, disse que participou de um seminário nacional do partido, há três meses em Brasília, onde a presidente nacional, Renata Abreu, que é deputada federal pelo Estado de São Paulo e de várias outras lideranças, deputados, prefeitos, e presidentes estaduais de mais de 20 estados da federação, discutiram essas estratégias e definiram as metas para os próximos pleitos, dentre as quais buscar candidatos que tenham capacidade de dialogo direta com a população dos seus municípios.

“O que decidimos lá e já estamos aplicando na prática é que o partido não está preocupado com quantidade, e sim com qualidade. Estamos buscando quadros que se identifiques com o partido e que se preocupem com as micro causas, com as causas dos seus municípios, das suas comunidades e do nosso Estado”, comentou.

Segundo ele, a prioridade será para os filiados comprometidos e que estejam dispostos a ir até a base para dialogar, ouvir as pessoas para ouvir as demandas, quais são as dificuldades e buscar resolvê-las da melhor forma possível.

Entre as novidades para o partido é cotado a vinda do vice-prefeito de Sousa Zenildo Oliveira, que atualmente está no PSD e tem seu nome lembrado para compor novamente a dobradinha com o prefeito Fábio Tyrone (PSB) que disputará sua reeleição.

Outro forte nome do Podemos que pode vir a disputar as eleições de 2020 é a da Secretária de Desenvolvimento e Articulação Municipal, Ana Cláudia Vital do Rêgo, que pode disputar a prefeitura Municipal de Campina Grande. Na sua primeira disputa eleitoral no ano de 2018, para o cargo de deputada federal, Ana ficou na primeira suplência da coligação encabeçada pelo governador João Azevêgo, obtendo quase 50 mil votos.

Redação

Total
2
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado critica Cartaxo por proibir Feira Agroecológica, em João Pessoa

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) repudiou, nesta semana, a decisão da Prefeitura de João Pessoa que proibiu a realização da Feira Agroecológica do Ponto de Cem Réis, organizada por…

MPF pede quebra de sigilo bancário de ex-prefeito no âmbito da Operação Andaime

No âmbito da Operação Andaime, deflagrada em 2015, o Ministério Público Federal (MPF) solicitou a quebra do sigilo bancário e fiscal do ex-prefeito de Santa Cruz (PB), Raimundo Antunes. De…