Após trocar “farpas” com o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), o governador João Azevêdo (PSB) disse que seu grupo político vai lançar um candidato ao Poder Executivo campinense para vencer as eleições em 2020. Ele destacou que o escolhido pode ser ou não do seu partido é o que definirá essa questão será as pesquisas de opinião.

“O nosso grupo político, composto por vários partidos que dão essa sustentação, está planejando que, em 2020, tenhamos sim candidatos (a prefeito) em diversas cidades. Em Campina Grande, teremos um candidato sim e que vai disputar com certeza para vencer a incompetência e a inoperância”, afirmou Azevêdo em recente entrevista na cidade.

Ao comentar como se dará a escolha dos candidatos nas principais prefeituras do Estado o governador disse: Nós temos mantido contato com o presidente do partido e feito a discussão sobre todos os municípios do Estado, mas ainda são discussões preliminares. Entretanto, queremos chegar no início do próximo ano, aí, sim, com um planejamento estratégico, elaborado para saber onde nós vamos atuar, quais os municípios que nós temos reais condições, e as chances de ampliar o número de prefeitos. Isso é um trabalho que é feito junto ao partido, não é único e exclusivamente com o governador. ”

Sobre o nome para disputar a PMCG, João disse: “Temos grande nomes no PSB e nos partidos aliados, essas coisas têm de ser decididas com muita tranquilidade e baseado em dados, informações, para saber quem, efetivamente, tem melhor condição de representar o grupo, baseado em pesquisas. Não adianta querer impor o nome de ninguém, porque não dá certo. Vamos ter que fazer uma avaliação do quadro com muita frieza, para entender se a gente tem [ou não] um candidato forte do nosso partido. Os números que serão apresentados em pesquisa é que vão determinar o que vai acontecer”, afirmou.

 

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: RC não tem dúvidas: arrombamento a escritório tem conotação política. Acha que há mandantes

Em resposta a questionamentos da coluna, o presidente da Fundação João Mangabeira e ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), disse, na madrugada deste domingo (18), não ter dúvidas de que…

Análise: PSB-PB terá comissão provisória nacional para “remediar” conflito interno

“A diferença entre o remédio e o veneno é a dose”. Assim concluiu, certa vez, Paracels, médico e físico do século XVI. E a afirmação percorreu séculos de forma incólume,…