Por pbagora.com.br

Após sucessivas derrotas nas disputas majoritárias, tanto no âmbito municipal, quanto no âmbito estadual, o PSOL na Paraíba vai apostar o nome da sua principal estrela, o  presidente da executiva estadual da sigla no Estado, Tárcio Teixeira, na disputa proporcional para concorrer a uma das 27 vagas na Câmara Municipal de João Pessoa. Apesar da decisão, conforme Tárcio, o partido também  deverá concorrer à Prefeitura de João Pessoa, mas ainda não há um nome definido como pré-candidato da esquerda.

“Ainda estamos construindo internamente esse nome. Enquanto isso, a gente vem debatendo com os companheiros e companheiras a construção de um programa para João Pessoa”, disse.

O PSOL tem realizado debates programáticos através da internet com transmissão pelo Facebook a cada 15 dias.

“A nossa campanha de chapa proporcional tem sido feita também a cada quinzena, em alternância com a do diretório municipal, na busca de desenvolver atividades programáticas”, enfatizou.

Além de Tárcio, outros 30 nomes filiados ao PSOL também devem concorrer na disputa proporcional na Capital.

“Além do debate ideológico de projeto de sociedade que o PSOL sempre tem feito nas eleições, a agente vai a uma disputa concreta, objetiva, para ocupar as primeiras vagas para a Câmara da Capital”, revelou.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mais prazo: Romero pode deixar só para dia 15 definição sobre escolha em CG

Nem 07 nem 10. Deve ficar para o dia 15 de agosto a definição do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), sobre a escolha do nome do grupo que…

Análise – Estariam Cícero Lucena e RC inelegíveis para 2020? Espalham que sim. Mas…

Partidários de Luciano Cartaxo (PV) e de Nilvan Ferreira (MDB) espalham por aí que, tanto Cícero Lucena (PP) como Ricardo Coutinho (PSB) estariam inelegíveis para as eleições municipais deste ano.…