De acordo com o deputado Efraim Filho (DEM/PB) os representantes dos ‘Oficiais de Justiça’ foram ao seu gabinete para agradecer por seu trabalho junto ao relator, deputado Alexandre leite, do PL 3723/19, que redefine as regras sobre posse e porte de armas de fogo.
A medida atende, em parte, um pleito antigo da classe que busca mais segurança no cumprimento de mandados de prisão e ordens judiciais.

A previsão é que na próxima terça-feira (15/10), após a reunião de líderes a matéria seja discutida no plenário.

Ainda de acordo com Efraim Filho o presidente da Câmara solicitou ao relator para colocar no parecer somente aquilo que ele entende ser útil e necessário para contribuir para a regulamentação da Lei de armas no Brasil.
Redação 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após postagem de Bolsonaro, Lula cobra do Congresso ação em defesa da democracia

O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), usou seu perfil numa rede social para cobrar do Congresso e da sociedade ação em defesa da democracia. A postagem…

Pós-folia os pré-candidatos paraibanos devem focar nos prazos eleitorais e convenções

Como se diz “Tudo no Brasil, começa após o carnaval”, essa máxima também é levada a política, onde os pré-candidatos nas eleições devem dar o start oficial as suas pretensões…