A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Efraim Filho recebe Confederação Nacional de Comércio e defende a categoria

Na última quarta-feira, 1º de junho, em Brasília, os assessores da divisão de relações institucionais da Confederação Nacional do Comércio (CNC) reuniram-se com o deputado federal Efraim Filho (União-PB), presidente da Frente Parlamentar do Comércio e Serviços (FCS), para apresentar as considerações da CNC sobre a reforma tributária.

Na oportunidade, foi abordada a PEC 7/2021, que promove a Reforma Tributária, de autoria do deputado federal Luiz Philippe de Orleans e Bragança (União-DF), sob a relatoria da deputada Bia Kicis (União-DF). À época, a CNC apresentou seu entendimento ao autor e à relatora e ambos se mostraram sensíveis à necessidade de se fazer uma reforma eficiente e que não promovesse distorções.

O deputado Efraim compartilhou do sentimento de que uma reforma se faz necessária para promover a simplificação e transparência sem penalizar nenhum setor da economia. “Como presidente da Frente de Comércio e entusiasta desta bandeira, eu defendo uma reforma que seja boa para os consumidores, beneficiando a economia do nosso país, principalmente agora na tão sonhada retomada econômica”, diz.

O parlamentar é o responsável por alguns projetos de lei que ajudaram a categoria e mostrou-se disposto a apresentar emendas que sejam positivas para o comércio de bens, serviços e turismo. “É um setor que gera muita oportunidade, além de emprego e renda, que é o que tanto estamos precisando no Brasil”, finaliza.

PB Agora

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe