Apesar de ter esfriado um pouco, o tema voltou a tona, ontem (21), quando o deputado federal Efraim Filho (DEM), referiu-se as manifestações de dirigentes petistas contra a participação do Democratas na chapa majoritária do PSB. E com a ‘ameaça’ do PT de se compor ao PDT de Lígia Feliciano, gesto que vem sendo tratado por aliados e socialistas como barganha política para pleitear vaga na majoritária, coube ao deputado refutar, com argumentos pertinentes, o veto dos petistas ao Democratas.

 

Efraim lembrou as alianças do PT em estados como Ceará – está com Eunício Oliveira, do MDB – e Alagoas – caminha com o também emedebista Renan Calheiros –, o deputado enxerga contradição no discurso do PT da Paraíba para vetar alianças com partidos que votaram a favor do impeachment de Dilma Rousseff.

 

Em entrevista a uma rádio de João Pessoa, Efraim Filho tachou de “extremista” a posição do PT paraibano. Semana passada, o governador Ricardo Coutinho deu o tom de como o PSB validará as composições a serem celebradas pela legenda: não pedirá “atestado ideológico” para firmar alianças. Defenderá, e tão-somente, que sejam partidos que acreditem no projeto implantado na Paraíba nos últimos sete anos.

 

 

Redação

Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: a aliança do PRTB e PSL põe Eduardo Carneiro definitivamente na “busca” pela prefeitura de João Pessoa

O jornalista e teatrólogo Nelson Rodrigues ficou conhecido por suas obras. Isso é fato. Mas suas frases de efeito o eternizaram. Uma delas diz que “Ser bonita não interessa. Seja…

João Almeida anuncia coordenadores de campanha à PMJP ainda este mês

Pré-candidato do Solidariedade a prefeito de João Pessoa, João Almeida avisou, neste início de semana, que não trabalha com outra hipótese que não seja disputar a majoritária na disputa pela…