A Paraíba o tempo todo  |

Efraim Filho é o único paraibano a fazer parte da Executiva Nacional do União Brasil, partido da fusão DEM/PSL

O Democratas e o PSL oficializaram na manhã de ontem (6) a fusão de ambos os partidos que, a partir de agora se chamam ‘União Brasil’ que já nasce contabilizando um total de 81 deputados federais, sete senadores e a capacidade de abocanhar R$ 160 milhões do Fundo Partidário. Efraim Filho é o único paraibano a fazer parte da Executiva Nacional do União Brasil.

Efraim é o 1° secretário da nova legenda, cargo próximo ao do secretário-geral, ACM Neto, que comandava, nacionalmente, o Democrata. A fusão trata-se de um movimento estratégico com vistas às Eleições 2022 para o lançamento de um nome que represente uma terceira via alternativa ao do atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o do ex-presidente Lula (PT) na corrida presidencial do próximo pleito.

A decisão foi formalizada numa convenção nacional realizada no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília e, na ocasião, o União, já se posicionou como sendo um partido “social liberalista” e contra os extremismos. O União Brasil terá Luciano Bivar, agora ex-PSL, como presidente nacional do partido.

A partir de agora, serão providenciadas o cumprimento de burocracias que compõe as diretrizes e regulamentos da nova sigla para, em seguida, haver a escolha da Comissão Executiva Nacional Instituidora que promoverá o registro junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Da Redação

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      11
      Compartilhe