Na Convenção Nacional realizada nesta quinta-feira (30), em Brasília, o Democratas reafirmou seu compromisso de defesa a democracia: “Isto faz parte do nosso DNA e está presente em todas as nossas ações”. A declaração é do vice-presidente do partido, deputado Efraim Filho (PB).

De acordo com o congressista, a agenda do colegiado é em defesa do Brasil. “Estaremos alinhados com o governo no caso da agenda econômica, porém, quando houver divergência também teremos independência para defender nossa própria bandeira e eu tenho certeza de que isso acontecerá em sintonia e com respeito de ambas as partes”, afirmou Efraim.

Durante a convenção ficou clara a necessidade de uma agenda pública capaz de fazer o país retomar o crescimento. Na pauta, as reformas da Previdência e Tributária. Entre os pontos de consenso da convenção, além da recondução de ACM Neto à presidência, esteve a aprovação de uma moção pela Previdência.

Na avaliação de Efraim Filho, o confronto neste momento não é produtivo e o país está precisando de agilidade nas decisões para se recuperar e voltar a crescer. “O Brasil precisa de menos discursos, é hora de descer do palanque e ter mais compromisso com a pauta de mudanças exigidas pelo cenário econômico apresentado nos últimos anos”, disse.

Em suas entrevistas, o deputado Efraim tem afirmado que as manifestações são legítimas e é preciso escutar o recado que as ruas têm enviado aos políticos.

PB Agora

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tibério Limeira sobre crise no PSB: “Sou da ala dos espíritos desarmados”

Ao ser indagado sobre a crise existente entre a ala do governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) e do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), o vereador pessoense Tibério Limeira – que…

Cúpula da PF ameaça entregar cargos se o diretor for demitido por Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro retomou a queda de braço com a Polícia Federal. Após ter dado sinais de intervenção na corporação e depois ter voltado atrás em comentários feitos na…