O deputado federal Efraim Filho descartou a possibilidade de demissão do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta. Mandetta tem se mostrado eficaz e necessário diante do enfrentamento à pandemia causada pela Covid-19, no entanto, tem encontrado um obstáculo difícil de superar e que contraria as recomendações de prevenção ao novo coronavírus: o seu chefe, o presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com Efraim, o ministro está firme em sua função, principalmente, após o último pronunciamento do presidente da República, que segundo ele, aderiu um tom mais sereno, uma fala mais técnica e menos política. “Mostrou preocupação e não trouxe ironia ou brincadeira nas falas, tratando a pandemia com ‘gripezinha’. Se esse fosse o discurso do presidente desde o início, a gente estaria num clima de bem menos tensão”, analisou o deputado.

Efraim Filho declarou que todos esperam do presidente da República, que é quem lidera o país nesse momento, uma postura de encararar com seriedade um problema que tem deixado famílias confinadas, crianças sem escolas e um comércio com prejuízos. “Mandetta tem, com suas orientações técnicas embasadas na ciência, conquistado a confiança da família brasileira e acho que com sua saída da Saúde seria uma péssima notícia, não apenas para o governo, mas para todo o Brasil”, garantiu o deputado.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado é alvo de critica por comentário supostamente ‘machista’ em rede social

Sempre rodeado de polêmicas o deputado estadual Walber Virgulino (Patriotas) não rasgou seu script e ao comentar a recente nota do ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, sobre…

Deputado diz que vídeo confirma crimes de Bolsonaro e é uma vergonha para o país

Por meio de suas redes sociais o deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) afirmou que o conteúdo do vídeo da reunião ministerial, liberado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mostrou a verdadeira…