A Paraíba o tempo todo  |

Efraim admite que foi procurado por governistas para voltar à base de João, mas rechaçou

O pré-candidato a senador Efraim Filho (União Brasil) admitiu, em entrevista à TV Arapuan, na tarde desta quarta-feira (20), que foi procurado por lideranças do Republicanos, partido que compõe a base de João Azevêdo (PSB), para fazer o caminho de volta e ser o senador da chapa do governador.

No entanto, o parlamentar disse que empenhou a sua palavra ao pré-candidato a governador Pedro Cunha Lima (PSDB) e sua palavra não tem volta.

“Principalmente do Republicanos, que é um aliado importante e sempre dialogou comigo, os deputados Hugo Motta e Adriano Galdino sempre buscaram esse espaço [para que ele voltasse para a base de João]. Mas, já não havia mais o caminho porque eu tinha a palavra empenhada e minha palavra não tem volta. Eu entrego e cumpro”, disse.

Além de não voltar atrás em seu compromisso, Efraim classificou um eventual retorno seu à base de João como uma manobra governista para ‘tapar o buraco’ da vaga ao Senado, o que ele não aceitaria.

“O Governo preferiu esperar, apostou numa pré-candidatura de Aguinaldo, que resolveu priorizar a reeleição como deputado. Então agora não seria mais o momento para voltar e ser tapa-buraco”, criticou.

 

PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe