Por pbagora.com.br

O presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas, reagiu com números aos
ataques feitos ao Governo Ricardo Coutinho pelo deputado Ruy Carneiro. Para
o presidente, o deputado cassista finge não saber nada sobre estatísticas
da violência, "pois foi no governo de Cássio que a segurança foi desmontada
e os números são terríveis, saímos de 600 para 1.200 homicídios/ano, ou
seja, 100% de aumento na questão mais grave que é a perda de vidas".

 

Edvaldo Rosas disse ainda o governo Cunha Lima foi de confrontos
permanentes com a tropa. Todos os indicadores de crescimento da violência
no governo Cássio são disponíveis, segundo Rosas: "são números oficiais que
vão desmascarar toda a demagogia de quem não fez a Política de segurança
correta e agora age com oportunismo político".

 

Ao finalizar, o presidente do PSB foi enfático: "Ruy, além de não ter
destinado nenhum centavo de suas emendas para a segurança pública, presta
um desserviço a Cássio, porque inventou de comparar e aí não há dúvida, em
qualquer área que se fizer comparação, Ricardo fez mais pela Paraíba em 3
anos, do que Cássio no dobro de tempo", concluiu.

 

Ascom

Notícias relacionadas

Secretário executivo de Saúde da PB recebe título de Cidadão Paraibano

O título de Cidadão Paraibano foi concedido ao médico Daniel Gomes Monteiro Beltrammi, secretário executivo de Estado da Saúde. A honraria foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado…

Em 20 dias de mandato, Léo Gadelha já apresentou 16 proposituras na Câmara

O deputado federal Leonardo Gadelha, do PSC, tomou posse no mandato na Câmara em 31 de março  e em apenas 20 dias de mandato já protocolou 16 propostas legislativas. A…