A Paraíba o tempo todo  |

Educação, saúde e mobilidade dominam debate na RCTV

PUBLICIDADE

 O debate que acontece nesta segunda-feira (29) da RCTV com transmissão em rádio, TV fechada e Portal traz os candidatos a prefeito de João Pessoa debatendo temáticas de educação, saúde e mobilidade.

 

No primeiro bloco Luciano Cartaxo (PSD) perguntou a Victor Hugo (PSOL) e depois  Victor devolveu perguntando a Cartaxo. Ambos tiveram direito e réplica e tréplica.

A indagação primeira foi sobre o ensino de linguas estrangeiras

Victor Hugo- A educação na sua gestão tem uma centralização. Por exemplo a criação de um Centro de Linguas, mas não dá suporte nas escolas. Não está sendo cumprida a meta do ensino integral. Vamos descentralizar a educação levando não apenas educação de linguas, mas também esporte, lazer. Tudo é válido, mas nosso ensino é carente, as escolas estão detonadas e temos desvalorização dos profissionais, não se paga o piso.

Cartaxo- Montamos um Centro de Linguas, mas também treinamos nossos professores. Vamos entregar a primeira escola bilingue do Brasil no bairro Alto do Mateus. temos visão de futuro e compromisso com a educação.

 

A segunda foi sobre mobilidade

Cartaxo-  Lançamos um plano de mobilidade e entregamos várias obras de alargamento e duplicação de avenidas importantes. Estamos atendendo ciclistas, pedestres e demais usuários com nossas intervenções.

Victor- Alargamento é pouco e pagamos caro por isso, pela falta de planejamento.

 

Depois o professor Charliton (PT) perguntou a Cida Ramos (PSB) e posteriomente foi o contrário.

 

O primeiro tema foi saúde

Charliton- A saúde está uma tragédia humana, como podemos ver na quantidade de secretários, cinco em quatro anos. Nós vamos defender a saúde preventiva e atenção básica e acabar com a falta de transparência. Lembro três hospitais que não foram abertos, o da mulher, casa da mamãe bebê e parto normal. O projeto do atual prefeito priorizou outras coisas.

 

Cida- É preciso restruturar a saúde básica. Os PSF não atendem aos interesses da população, levar insumos, medicamentos e profissionais. Abrir de forma regionalizada, servindo como pronto atendimento.

 

O segundo tema foi mobilidade

Cida- É preciso fazer com que a passagem paga se reverta em qualidade. Vamos discutir com a população uma melhor qualidade e com as empresas como fazer isso. São muito problemas. É preciso uma discussão ampla.

 

Charliton- O prefeito não fez um plano de mobilidade e nós vamos fazer e implantar. Além disso vamos mexer num vespeito para discutir com as empresas um transporte mais barato e de qualidade. 

 

No segundo bloco, Charliton perguntou a Cartaxo e este lhe fez uma pergunta.

 

O tema foi pavimentação de ruas.

Cartaxo- foram 65 km de ruas calçadas e entendemos a cidade da população. Eu conheço o povo de perto.

Charliton- quero saber quais os bairros que o senhor não responde. Nós vamos cumprir e com transparência.

 

O segundo tema foi geração de emprego e renda.

 Professor Charliton- Nunca participei do Governo e nunca o partido foi chamado para falar e ouvir. Vamos revitalizar o turismo e Centro Histórico e trazer um parque tecnológico. Vamos pensar grande para levar a cidade para o futuro. A cidade está abandonada, não existe biblioteca, Centro de Cultura e Museu. O senhor paralisou a cidade. O seu governo não tem espaço para o desenvolvimento.

Luciano Cartaxo- A discussão não é defender o partido e sim pela cidade. Trago políticas concretas para a melhoria da cidade e da população. Nos revitalizamos o Centro e demais bairros para incentivar a economia do local.

 

Cida perguntou a Victor Hugo e este lhe devolveu também uma pergunta.

O tema foi a conjuntura política na atualidade.

Cida- Uma das maiores crises economicas, políticas e da democracia. Minha posição continua. Não abro mão da defesa das conquistas de direitos e o povo conta comigo de forma clara. É preciso que quando a gente fala ter coerência. A política é a arte de fazer alianças. É fazer a unidade com os diferentes. Quem se coligou a nós sabe como nós conduzimos e temos orgulho de dizer que temos plano para a cidade.

Victor Hugo- Seu vice apoia o impeachment, a luta do poder pelo poder fez sua coligação esquecer da coerência. Eu acho que a população assiste isso com vergonha.

 

O tema seguinte foi infra-estrutura;

 

Victor Hugo- A falta de conclusão causa maior custo. Como gerar recursos, com controle de investimentos. Faremos um levantamento de tudo e dar andamento e ser concluídas o mais breve possível. Temos que estar de olho na geração de empregos que para isso tem que dar infra-estrutura, nossa cidade não consegue planejar João Pessoa e é cada vez mais abandono.

 

Cida Ramos-  Obras paralisadas que se arrastam e qual a explicação para essa lentidão. Nós temos que terminar estas obras inacabadas. Uma escola que está paralisada, nem começou a ser feita. Revitalização de mercados, escolas. Essa gestão prometeu muito e tem a capacidade de dizer o que não faz.

 

No terceiro bloco Victor Hugo perguntou a Charliton e virse versa. Neste ponto eles comentaram sobre funcionalismo público e também educação.

Neste sentido o professor Charliton revelou que deve fazer concursos e valorizar a educação, buscando melhorar os indicadores da área que está muito abaixo do que ele considera como ideal.

Já Victor Hugo disse que a meta é valorizar sempre o servidor dando a ele seu pagamento dentro da lei, como no ensino que é descumprido. Vai levar condição de trabalho e valorização do profisisonal para melhorar os serviços como na educação. “É nossa prioridade”.

 

O embate ficou mais forte quando a pergunta ficou entre os candidatos Cida Ramos e Luciano Cartaxo. 

 

Faltou as propostas e o embate ficou no âmbito da troca de acusações. Eles debateram sobre obras paralisadas como a do Centro do Turista e também das entregues como Praça da Independência e outros pontos de divergência.

 

Cida e Cartaxo também comentaram sobre uma servidora que segundo o prefeito é concursada e não é indicada. Cida levantou o questionamento de que a servidora poderia ter sido nomeada por parentesco e assim configuraria nepotismo. No entanto, Cartaxo esclareceu que ela era servidora de carreira e concursada. 

 

Por fim, o debate teve espaço às considerações finais, nas quais os candidatos pediram o voto e finalizaram agradecendo o espaço de deixar suas propostas e esclarecer seus pensamentos e desejos para a cidade.

 

 PB Agora

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe