O deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Eduardo Carneiro (PRTB), destacou que um dos temas priorizados por seu mandato no segundo semestre será a promoção de debates e ações sobre o incentivo aos pequenos negócios e à economia paraibana. Na próxima quinta-feira (1º), a Assembleia retoma os trabalhos após recesso parlamentar.

Entre as ações, Eduardo Carneiro destacou a realização de audiência pública para debater as medidas anunciadas pelo Governo Federal para tratar sobre os pequenos empreendedores, a exemplo da MP da ‘Liberdade Econômica’ (MP 881/2019) e o novo programa que está sendo criado voltado à “primeira empresa”. A Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec) está preparando uma série de iniciativas para inserir no Portal do Empreendedor, canal oficial voltado à formalização do microempreendedor individual, uma espécie de beabá para os futuros donos de empresas.

“Precisamos debater e agrupar sugestões que possam contribuir com esse pacote de medidas que está sendo formulado. O Governo Federal está preparando uma série de ações que facilitam e estimulam o empreendedorismo, principalmente os pequenos. Nosso trabalho é garantir que o empreendedor paraibano tenha acesso às informações como forma de garantir seu fortalecimento, assegurando a manutenção de uma economia forte e produtiva”, disse o parlamentar.

O deputado disse ainda que o Governo Federal está correto ao perceber que a preparação dessas empresas é crucial para a economia do País, já que 98% das companhias no Brasil são de pequeno porte. No total, são cerca de 8 milhões de micro e pequenas empresas e mais 8,5 milhões de microempreendedores individuais. “Os pequenos negócios continuam exercendo papel de protagonismo no processo de reaquecimento da economia e do mercado de trabalho”, comentou.

Dados – Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que os pequenos negócios geraram 359 postos de trabalho durante o mês de maio na Paraíba. Ao todo, 683 novas vagas de trabalho foram criadas no estado, ou seja, 53% delas no universo dos pequenos negócios.

Levantamento realizado pelo Sebrae também indica que foi o setor de serviços o principal responsável pela criação de novas vagas de emprego (201) nas micro e pequenas empresas. Conforme os números, também se destacaram a indústria de transformação, que criou 137 vagas, e a construção civil, segmento em que foram abertos 109 postos de trabalho.

Segundo o levantamento, de janeiro a maio de 2019 as MPE geraram 1.654 vagas de emprego, enquanto as médias e grandes empresas apresentaram saldo negativo de 8.601 postos de trabalho.

PB Agora

Total
1
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereadores do PSB de JP renunciam a cargos que ocupavam na sigla

Na manhã desta segunda-feira (23), o vereador Léo Bezerra entregou a condição de líder do PSB na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). O parlamentar declarou que estava desconfortável no…

Vereadora acusa colega de desconhecer regimento da CMJP

Ao se unir a entidades LGBT e feministas a vereadora pessoense Sandra Marrocos (PSB), acusou a colega de parlamento vereadora Eliza Virgínia (PP), de desconhecer o regimento da casa ao…