O presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), afirmou que o partido precisa manter o diálogo com o PMDB mesmo com a derrota sofrida nesta segunda-feira (2) na eleição para a presidência do Senado. José Sarney (PMDB-AP) venceu Tião Viana (PT-AC) na disputa pelo comando da Casa.
 

Para Berzoini, é preciso calma para não estremecer a relação entre os dois aliados. “É importante manter o diálogo tranquilo, levar com calma, reconhecer que houve disputa e restabelecer o diálogo.”

 

O presidente petista reconheceu que o aliado ficará ainda mais forte caso Michel Temer (PMDB-SP) seja eleito na Câmara. A votação na Casa ainda está acontecendo. Temer disputa a presidência com Ciro Nogueira (PP-PI) e Aldo Rebelo (PC do B-SP). Berzoini destacou, no entanto, as divisões internas do PMDB, o que relativizaria seu tamanho.

 

“É claro que fica mais forte, mas tem de se conversar e entender que o PMDB é um partido regionalizado”, afirmou

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Judicialização da matéria não é nada pessoal” diz Camila sobre Previdência

Na manhã desta quinta-feira (12) a Comissão de Constituirão e Justiça (CCJ) da ALPB retomou as discussões acerca do projeto de Reforma da Previdência da Paraíba que culminou com bate…

Oposicionista quer discutir normatização de concessões na Previdência

O deputado estadual Walber Virgulino (Patriotas) não aceitou o texto da Reforma da Previdência Estadual da forma que foi enviado para a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) e defendeu, nesta…