Por pbagora.com.br

Ainda que o presidente do partido, ACM Neto, já tenha descartado qualquer chance de apoio, com direito a cogitar lançar candidatura própria do partido e a conversas com João Dória (PSDB-SP), a maioria da bancada do DEM na Câmara não descarta apoiar o presidente em sua tentativa de reeleição em 2022.

Segundo recente levantamento feito pelo Estadão, dos 22 deputados que responderam a enquete, sendo que o partido tem 27 em exercício, apenas 2, Alexandre Leite (SP) e Kim Kataguiri (SP), descartaram o apoio. Seis deputados já afirmaram que darão apoio a Bolsonaro e os demais afirmaram que ainda não decidiram, mas que não possuem nenhuma restrição para defender uma aliança caso julguem necessário.

O líder da bancada, o deputado Efraim Filho (PB), afirmou que o bloco é simpático às pautas do governo que transitam no Congresso, mas que manterá “linha da independência”, como visto na eleição para a presidência da Câmara, vencida por Arthur Lira (PP-AL).

“O partido aprovará os temas com os quais temos identidade, especialmente a agenda econômica, mas preservará a autonomia de divergir com temas discrepantes”, afirmou, destacando em seguida a seguinte frase: “É muito cedo para tomar decisões.”

Redação

Notícias relacionadas

João Azevêdo, prefeito e vice de Cabedelo definem parceria para cidade

Foi em clima amistoso que o Governador João Azevedo e o Prefeito e o Vice de Cabedelo, Vitor Hugo e Mersinho Lucena, reuniram-se na manhã desta terça-feira (18), para definir…

Enquanto Couto diz que tem aval da nacional do PT para a Câmara, Frei Anastácio sentencia: “Não fico preocupado”

Após o ex-deputado federal Luiz Couto (PT) informar que conta com o apoio da executiva nacional do partido para voltar à disputa pela Câmara Federal, mesmo sem o apoio público…