O vereador e agora ex-líder do PSB na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Léo Bezerra, declarou durante entrevista a uma emissora de rádio de João Pessoa, na tarde desta segunda-feira (23) que sua decisão de deixar o posto é irreversível, mesmo se a sigla se entender posteriormente.

De acordo com Léo, que já foi líder da oposição na Casa e é atual vice-presidente da mesa, cargos não são eternos.

“Nessa reunião eu ia escutar, saber o pensamento, mas infelizmente não quiseram participar e eu me senti a vontade de entregar, permaneço na mesma linha de continuidade do projeto, mas minha decisão é irreversível, cargos passam e chegou o meu momento” declarou.

Léo ainda pregou o diálogo e afirmou que sem ele o partido não chegará em lugar algum.

“Nada me impede de sentar com quem quer que seja, como tentei fazer hoje, mas sem diálogo, infelizmente não dá” enfatizou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Eu não acredito em excessos”, diz Galdino sobre o comportamento dos deputados

Em entrevista a imprensa paraibana o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino (PSB), afirmou que espera dos deputados estaduais o bom senso para que saibam separar o…

RC não vai a evento da FJM e reacende tese de que PSB estaria se desvinculando da sua imagem

Foi só o ex-governador Ricardo Coutinho não comparecer ao primeiro evento realizado em 2020 pela Fundação João Mangabeira, a qual ele preside, na última terça-feira (21) no Tocantins, para que…