Por pbagora.com.br

Suplente de senador e ex-presidente do PTB paraibano, Carlos Dunga disse nesta terça-feira (26) que fechou acordo com o atual presidente do diretório estadual do PTB, deputado Armando Abílio, a fim de que a legenda possa marchar unida na disputa pelo governo do Estado nas eleições de 2010. Ele reafirmou apoio ao senador Cícero Lucena, pré-candidato ao governo pelo PSDB, mas admitiu que votará com o PTB em caso de não viabilização da candidatura do senador tucano.

“Armando Abílio defende a candidatura do prefeito Ricardo Coutinho. Eu continuo defendendo a candidatura do senador Cícero Lucena, caso ele não deslanche nós vamos acatar a indicação do nosso partido”, declarou Dunga, que recebeu ontem, em sua residência, o deputado Armando Abílio.

Para Dunga, que assumiria uma vaga de senador em caso de posse de Cícero no governo do Estado, a unidade das oposições é fundamental para derrotar o governo José Maranhão (PMDB), para ele, assim como pensa o ex-governador Cássio, o único adversário político do grupo.

“Eu defendo a unidade das oposições para que ela possa ter apenas um candidato. Cícero que corra para ser o candidato”, declarou Dunga.

Apesar do acordo com Abílio, o suplente de senador não vai participar de seminário que o PTB realiza neste final de semana em Campina Grande. O prefeito Ricardo Coutinho (PSB) será um dos palestrantes do encontro. Dunga vai enviar o filho, Carlos José, prefeito de Boqueirão, como representante. “É um encontro didático e não deliberativo”, disse.
 

Além da questão de 2010, Dunga e Abílio fecharam parceria para dobradinha com Dunga Júnior nas eleições para deputado estadual e federal nas eleições do próximo ano.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Candidatos a prefeito de João Pessoa tem agenda cheia nesta quinta-feira

Entrevistas, encontros, visitas e gravação para o guia eleitoral, movimentam a agenda dos candidatos a prefeito de João Pessoa nesta quinta-fe9ra (29) Confira a agenda dos 14 candidatos a prefeito…

Gleisi sugere que petistas entreguem cargos no Estado: “Tem que sair todos”

A presidente do PT nacional, Gleisi Hoffmann, falou a respeito do imbróglio que envolve a sigla em âmbito nacional e o PT de João Pessoa com relação às candidaturas de…