O deputado estadual Doda de Tião, do PTB, rechaçou, em entrevista nesta terça-feira (23), a possibilidade de solicitar um pedido de licença na Assembleia Legislativa da Paraíba para tratamento de saúde, que visaria beneficiar alguns dos suplentes da coligação firmada nas eleições 2018, conforme especulado por setores da imprensa nas últimas horas. 

Segundo Doda, solicitar uma licença médica sem estar doente, só para proporcionar um rodízio na Casa, não seria correto.

“Não estou doente, eu estou é muito bem de saúde, não há motivo nenhum para uma especulação dessas”, explicou.

Ao ser questionado se o afastamento na Casa poderia ocorrer para poder ocupar uma Secretaria na gestão João Azevêdo, assim como Hervázio Bezerra (PSB) e João Gonçalves (Podemos), Doda disse que sequer foi sondado sobre a possibilidade, mas é do grupo e está à disposição para ajudar o time.

“Não recebi nenhum convite e também não fui sondado sobre o assunto, mas se por acaso acontecer uma sinalização do nosso governador João Azevêdo, eu jogo no time”, ressaltou. 

Doda de Tião foi o sexto deputado estadual, de um total de 36, mais votado nas últimas eleições para o parlamento estadual, abarcando uma votação de 38.685 votos pela Coligação A Força do Trabalho III, formada pelos partidos PSB / PTB / PRB / PODE / PDT / PC do B / PRP.

No atual cenário, uma possível licença do deputado Doda de Tião contemplaria o terceiro suplente da coligação, Trócolli Júnior, do Podemos.

É que o primeiro, Jutay Meneses, do PRB, já foi contemplado com a licença de Hervázio Bezerra (PSB) para ocupar a Secretaria de Esportes; e o segundo, Lindolfo Pires (Podemos), toma posse na Assembleia essa semana com a saída do deputado estadual João Gonçalves (Podemos), que passa a assumir a Secretaria de Articulação Política do Governo.

EM TEMPO

O deputado estadual João Gonçalves toma posse na Secrataria de Articulação Política nesta quarta-feira (24), às 10h.

 

PB Agora


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador diz que declarações de Alexandre do Sindicato é “Reflexo da Operação Famintos”

Integrante da bancada de oposição na Câmara Municipal de Campina Grande, o vereador Galego do Leite (Podemos) reagiu as declarações do vereador e vice-líder da situação  Alexandre do Sindicato (PHS),…

Senado vota brecha para aumentar dinheiro público em campanha

Os senadores devem votar nesta semana uma proposta que abre brecha para o aumento do fundo eleitoral, que financia as campanhas políticas. Para valer nas eleições municipais de 2020, o…