O governador João Azevêdo (PSB) avaliou a dissolução do diretório municipal de João Pessoa e sentenciou que a renúncia coletiva é consequência da forma como foi feita a dissolução do diretório estadual na Paraíba.

Segundo Azevêdo o PSB precisa encontrar um caminho para o imbróglio.

“Isso é consequência exatamente da decisão tomada anteriormente. Eu acho que a forma como foi feita a dissolução do diretório estadual está gerando agora esta questão. Eu volto a dizer, o PSB vai ter que encontrar a sua saída” declarou.

O governador paraibano ainda disse respeitar a conduta dos aliados que optaram inicialmente por assinar a renúncia do diretório estadual, que teria culminado com toda a crise do partido.

“Eu tenho que respeitar a decisão das pessoas não tenho nenhum tipo de problema com relação a isso, eu acho que as pessoas tomam suas decisões e evidentemente que toda decisão tem consequência e essa decisão se mostrou equivocada” concluiu.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CG: Ana Cláudia mantém nome e acredita em mais de uma candidatura pela base de João

Pré-candidata à Prefeitura de Campina Grande pelo Podemos, Ana Cláudia ,disse em entrevista a Rádio Caturité FM, nesta terça-feira (07), que considera praticamente inevitável que as oposições tenham mais de…

Ana defende criação do Hospital do Idoso e Clínica de Recuperação de Dependentes Químicos, em CG

“Juntos, Podemos mais…” essa é a opinião de Ana Cláudia Vital do Rêgo (Podemos), como pré-candidata à prefeitura de Campina Grande, neste ano, ao defender a união de ideias e…