Em clima de pré disputa eleitoral em Campina Grande, o vereador Márcio Melo (PSDC), e o deputado estadual e pré candidato a PMCG Inácio Falcão (PC d B), trocaram farpas e esquentaram a disputa pelo Palácio do Bispo na sucessão municipal

Em entrevista concedida à rádio Caturité o deputado estadual Inácio Falcão (PC do B), rebateu as críticas do do grupo do prefeito Romero Rodrigues (PSD), e o chamou de “vereadorzinho”.

O vereador situacionista afirmou que o deputado Inácio Falcão seguia um perfil de “quem me der mais, pra onde for melhor eu vou”, e completou afirmando que o deputado não sabe a qual grupo político pertence.

– Eu fiquei surpreso com esse vereadorzinho, nem sabia que ele é vereador. Eu tenho um grupo político, quem traiu o grupo foram eles, quem trouxe Ricardo Coutinho para Campina Grande dizendo que ele era o melhor pra Campina Grande foram eles. Eu quero parabenizar ele que é o primo de Romero e está elogiando a gestão do prefeito.- ponderou Inácio Falcão.

O deputado pontuou o que ele chamou de “erros da gestão Romero”.

– Eu não estou atacando ninguém, eu estou apenas mostrando erros da gestão. Vocês acham que a saúde, a educação, e as questões mobilidade na cidade estão boas? Vocês acham que esse modelo de gestão é positiva para Campina Grande? Se vocês acham que têm medicamentos, educação de qualidade e merenda escolar liguem aqui dizendo- criticou.

– Eu quero parabenizar ele que é o primo de Romero e está elogiando a gestão do prefeito. Mas eu quero dizer que nós estamos aqui pra debater sobre os projetos que eu realizei enquanto vereador, eu tenho muito mais o que fazer e acredito que ele tenha também para tentar se reeleger- finalizou.

Tudo começou quando o vereador situacionista Márcio Melo, criticou o deputado estadual Inácio Falcão (PCdoB) e a pré candidata pelo Ana Cláudia (PODEMOS). Ele disse que Inácio Falcão, não sabe a que grupo político pertence.

O vereador situacionista afirmou que a Operação Famintos, que investiga fraudes licitatórias no fornecimento de merenda na rede municipal de ensino, não atinge em nada o Prefeito Romero Rodrigues (PSD).

SL

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Apesar de decisão do STF e comemoração de aliados, prefeito flagrado com dinheiro na cueca segue preso

O prefeito da cidade de Uiraúna, João Bosco Fernandes (PSDB) segue preso mesmo após o STF ter determinado a sua soltura mediante o pagamento de fiança estipulada em R$ 522…

JP: programa de governo de Ruy foca em emprego e reconstrução da economia

Primeiro pré-candidato a prefeito de João Pessoa a apresentar um plano para governar a cidade nos próximos anos, o deputado federal Ruy Carneiro revelou nesta segunda-feira (6) os principais eixos…