O presidente estadual do PSOL, Fabiano Galdino, comentou as
insatisfações do prefeito Luciano Cartaxo com o Botafogo e disse que
o prefeito ainda não aprendeu a lidar com ideia de ouvir um
“não”. “Ora, o prefeito está querendo fazer ingerência aonde
não deveria. Precisa se acostumar, nessas relações entre público e
privado, a ouvir um “não”, ironizou Galdino.

O dirigente do PSOL ainda afirmou que o gestor municipal precisa mais
do que nunca começar a fazer algo mais proveitoso na condução da
administração da prefeitura. Entre outras coisas, Galdino cobrou a
agilização dos concursos públicos em áreas como Educação e
Saúde.

Questionado a respeito da votação para a presidência estadual do
PSOL que expressou um empate entre sua chapa e a de Tarcio Teixiera,
Galdino minimizou e disse que “a vontade dos filiados foi pela
construção de uma unidade partidária prática. O empate foi uma
decisão soberana da plenária. O que cabe aos dirigentes a busca da
unidade política prática”.

Galdino teve seu mandato prorrogado até que o impasse seja
solucionado, em reunião que já tem data marcada. “No Congresso,
decidimos por unanimidade pela realização de uma reunião do novo
Diretório para o dia 14 de dezembro, com as duas chapas indicando
seus nomes para a composição do órgão estadual. Provavelmente,
encontraremos o caminho para definir o nome do novo presidente”,
disse.

Segundo Galdino, o PSOL vai mesmo lançar chapa para disputar o
Governo do Estado. “Os dirigentes do PSOL expressos nos delegados e
militantes foram unânimes em dizer que o PSOL terá candidatura
própria ao Governo do Estado e ao senado, sintonizados num programa
que tenha como prioridade o interesse público”, afirmou.

 

Ascom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vereador de oposição em CG elogia João e diz que governador é democrático

O vice-líder do prefeito na Câmara Municipal de Campina Grande, vereador Alexandre do Sindicato (PHS), voltou a elogiar o governador João Azevedo (PSB). Em entrevista a Rádio Panorâmica FM, ele…

Prefeito interino de Patos revela tentativa de boicote por parte de vereadores

A sintonia que deveria existir entre executivo e legislativo municipal na cidade de Patos continua sendo apenas sonhos. Nesta quarta-feira (18), durante entrevista, o novo prefeito interino da cidade, Ivanes…