O rei do “ex” no PT, o ex-ministro, ex-deputado, ex-presidente do partido José Dirceu, sem querer, confirmou a tese de que o presidente Lula não passou a mão na cabeça de Ricardo e disse: “Meu filho, você é o escolhido”.

Zé Dirceu resumiu bem o dilema do PT na Paraíba: terá que escolher entre Maranhão e Ricardo em 2010. E, além de palavras, mostrou como o partido tem que ser cauteloso e evitar antecipações neste momento.

Dirceu lanchou com Maranhão e jantou com Ricardo. No início da tarde, esteve na residência do senador do PMDB, onde foi bem recebido. E à noite no apartamento de Ricardo. Saiu às duas da madrugada, depois de derrubar garrafa de um bom vinho chileno.

Claro que deve ter ficado mais à vontade na casa do prefeito. Maranhão não bebe e não fuma, coisas que impedem um diálogo mais solto. Mas o fato é que, oficialmente, Dirceu fez o papel que todo o PT deve fazer: mimar os dois para, somente lá frente, descobrir com que ficará na hora certa.

Então, por mais que os socialistas daqui se esforcem para dizer que Ricardo já foi o ungido por Lula, os sinais apontam para uma observação das coisas antes da tomada de decisões, apesar da ânsia de alguns apressadinhos. Tô errado?

 

e-mails para coluna no [email protected]
 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veneziano afirma que MP 905/2019 ‘gera prejuízos ao trabalhador’

Após votar contra a ‘Reforma Trabalhista’, que trouxe diversos prejuízos aos direitos dos trabalhadores, o senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) afirmou, neste sábado (16), que é contra trechos da…

ANÁLISE: aparecimento de Cássio sem ser convidado, escanteou Romero e gerou problemas com aliados…”

O discurso – aparentemente forjado – de que o ex-senador Cássio Cunha Lima não está querendo nada com política, é uma tremenda balela. Ele quer, sim. E como quer!… Mais…