A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse nesta quinta-feira, durante apresentação no Fórum Social Mundial, que ainda não é candidata à Presidência da República, mas que o Brasil está preparado para ter uma mulher no comando do País.

A ministra foi recebida por um coro de mais de 500 pessoas que gritavam: “Brasil urgente, Dilma presidente” e disse que ficou comovida com a manifestação.

“O Brasil está preparado para ter uma mulher presidente, um presidente negro, um presidente índio. O Brasil é uma sociedade democrática. Sinto nessa manifestação aqui no Pará um calor humano, uma força muito grande. É comovente estar aqui. É uma coisa que toca o coração”, disse Dilma.

A ministra afirmou que ainda não houve uma conversa oficial com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a respeito de sua sucessão e, por isso, ela ainda não é candidata à Presidência.
 

 

 

Agência Brasil

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lideranças do PSB pregam diálogo para estancar crise no partido

Lideranças do PSB tentam estancar crise do partido na Paraíba e evitar dissabores nas urnas nas eleições 2020. O líder do governo estadual na Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Barbosa (PSB),…

PL de Vené proíbe taxa diferenciada por curso em inscrição para vestibular

Comissão do Senado aprova projeto de Veneziano que proíbe taxa diferenciada por curso, em inscrição para vestibular A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal (CE) aprovou o…