Por pbagora.com.br

A edição do Diário Oficial do Governo do Estado (DOE) que circulou neste domingo (25), com data retroativa a última sexta-feira (23), trouxe a exoneração do secretário de Agricultura Familiar do Estado, Luiz Couto (PT).

A decisão, publicada em edição extra, ocorre no mesmo dia que petista anunciou apoio à candidatura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) a prefeito de João Pessoa.

Durante o anúncio, Couto chegou, até mesmo, a criticar o governador João Azevêdo (Cidadania) ao acusá-lo de “se aliar a pessoas que mais prejudicaram a gente”

CONFIRA PUBLICAÇÃO

VEJA EDIÇÃO COMPLETA

Diario-Oficial-24-10-2020-SUPLEMENTO

Em entrevistas a setores da imprensa, aliados do governador teriam justificado a decisão ao ressaltar que “Luiz Couto foi desrespeitoso e até debochado com João Azevedo, quando abandonou o cargo de secretário de Agricultura, não comunicou nada ao governo e ainda disse que ia tirar férias, de forma unilateral, para fazer campanha eleitoral”.

O petista chegou a dizer que tiraria férias do cargo, mas sequer chegou a comunicar a decisão ao chefe do executivo.

REVEJA ANÚNCIO

https://www.facebook.com/realrcoutinho/videos/1067347253720010

Redação 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vice-governadora comemora saldo do PDT nas urnas: “Crescemos quase 100%”

A vice-governadora Lígia Feliciano usou seu perfil numa rede social para agradecer o resultado alcançado pelo seu partido, o PDT, nas eleições do último domingo. De acordo com Lígia, a…

Levantamento revela queda de candidatos eleitos ligados a polícias e forças armadas

Embora as Eleições 2020 tenham registrado um número recorde de candidaturas de militares, o resultado das urnas mostra que eles não tiveram tanto sucesso quanto em 2016. Dados do Tribunal…