Saiu hoje (29), no Diário Oficial do Estado (DOE) da Paraíba, o decreto n° 40.096 que cria a Fundação Paraibana de Gestão em Saúde (PB Saúde) e regulamenta o seu Estatuto e outras providências. O Projeto de Lei Complementar ( PLC), de autoria do Poder Executivo, foi aprovado na Assembleia Legislativa na última quarta-feira (12), com 19 votos favoráveis, seis contra e uma abstenção.

A PB Saúde será responsável por gerenciar as unidades de saúde do Governo do Estado da Paraíba, tendo a previsão de dois meses para o início de suas atividades. A sede da PB Saúde será na Rua São Paulo, Bairro dos Estados, em João Pessoa. Segundo informações do decreto, a PB Saúde será dotada de autonomia administrativa, financeira, patrimonial e gerencial, com quadro de pessoal próprio e estrutura organizacional nos termos de seu Estatuto.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Secretaria de Estado de Administração – SEAD terão 120 dias, desde a data da publicação do decreto, para incorporar o Hospital Geral de Mamanguape ao patrimônio da PB Saúde, incluindo o imóvel, o acervo técnico, documental, mobiliário e de equipamentos, que se dará mediante ato do titular da SES.

Os demais serviços serão incluídos a partir de um cronograma apresentado pelo governador João Azevêdo durante coletiva que anunciou o fim das Organizações Sociais e a criação da Fundação. Até agosto de 2020, serão incorporados os seguintes hospitais: Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e Hospital Metropolitano Dom José Maira Pires, em João Pessoa, Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro e Maternidade Peregrino Filho, em Patos, e Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande.

Veja:

https://auniao.pb.gov.br/servicos/arquivo-digital/doe/janeiro/fevereiro/diario-oficial-29-02-2020.pdf

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Berg Lima renuncia ao cargo de prefeito em Bayeux e impõe eleições indiretas no município

Após não conseguir apresentar uma carta renúncia na tarde dessa segunda-feira (13), na Câmara Municipal de Bayeux, por conta da não aceitação por parte do presidente da Casa, vereador Inácio…

Romero deixa para agosto decisão sobre escolha do sucessor em CG

Os pré-candidatos da base aliada do prefeito Romero Rodrigues (PSD) terão que aguardar mais alguns dias para saber quem será o escolhido para disputar a sucessão municipal em Campina Grande.…