Por pbagora.com.br

 O período eleitoral foi de baixa produção na Assembleia Legislativa da Paraíba. A presença de parlamentares em plenário foi reduzida, assim como a aprovação e apresentação de projetos. Um comparativo da apresentação de matérias do ano passado com o mesmo período deste ano – a partir do mês de agosto até 11 de novembro- mostrou que o trabalho reduziu em 60%.

Neste período foram 963 matérias este ano contra 2.413 no ano passado. Mesmo o fato das eleições deste ano ter sido municipais, não impediu que os deputados estaduais deixas sem de elaborar propostas, nem de comparecer ao trabalho para cumprir ao expediente. A ausência impediu que houvesse quórum para dar início às sessões ordinárias na Casa, o que também foi motivo para reclamações entre os poucos parlamentares que estavam presentes.

Durante o período do pleito, apenas 142 projetos de leis ordinárias foram encaminhados às Comissões do Legislativo. No ano passado, no mesmo tempo, foram 256 propostas. Apesar de não ser uma eleição para eleger deputados, a maioria participou ativamente do pleito, seja como candidato a prefeito, ou apoiando as lideranças nos municípios os quais possuem base eleitoral. Isso contribuiu para que o expediente fosse prejudicado. Alguns parlamentares alegaram que o esvaziamento é normal durante a campanha.

 

Redação com assessoria técnica da ALPB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Fachin indefere pedido para excluir PT de JP da coligação com PCdoB

A queda de braço entre o PT nacional e o diretório em João Pessoa, parece não ter fim. Desta vez, o ministro Edson Fachin decidiu indeferir o pedido feito pela…

Conheça propostas de mais quatro candidatos a prefeito de João Pessoa

Com a campanha eleitoral em pleno andamento, e o dia de realização do pleito marcado para 15 de novembro, se aproximando, os candidatos a prefeito de João Pessoa, tem intensificado…