Por pbagora.com.br

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), disse que o Senado Federal tem autonomia para instalar Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigue as ações, por parte do presidente Jair Bolsonaro, durante a pandemia de Covid-19 no Brasil.

“Eu acho que é possível sim, que deve ser apurado qualquer coisa. Afinal de contas, é a autonomia do Senado que sugeriu e vai apurar, e deve apurar a atuação com relação o enfrentamento da pandemia de Covid no Brasil”, afirmou, ao ser questionado sobre sua opinião a respeito da CPI da Covid-19.

O colegiado será instalado por determinação do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que acatou, liminarmente, ação protocolada pelos senadores Jorge Kajuru e Alessandro Vieira, ambos do Cidadania, para que a CPI fosse instalada, uma vez que havia número suficiente de assinaturas para que o rito pudesse ser iniciado – 32 senadores assinaram, sendo que o número mínimo é de 27 –, mas o ato encontrava resistência do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (Democratas), aliado do presidente Jair Bolsonaro. O requerimento com pedido de criação da CPI é do senador Randolfe Rodrigues (Rede).

Redação

Notícias relacionadas

Opinião: Cícero embarca só na reeleição de João ou leva os Ribeiros e o partido?

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), já teria manifestado incondicional apoio à reeleição do governador João Azevedo (Cidadania). Pelo menos foi o que revelou, com absoluta exclusividade, o…

Ruy cumpre agenda com prefeitos da PB e garante emendas para saúde, educação e infraestrutura

O deputado federal Ruy Carneiro cumpriu uma agenda intensa de visitas para efetivar compromissos com prefeitos de várias cidades paraibanas. Em dois dias visitou quatro cidades: Pilõezinhos, Cuitegi, Logradouro e…