A Paraíba o tempo todo  |

DEU EM PIZZA: Vereadores de Lucena mantém Leo Bandeira no cargo após escândalo das vacinas vencidas

O prefeito de Lucena, Leo Bandeira (Solidariedade), vai permanecer no comando da gestão municipal após o escândalo nacional da vacinação de crianças contra a covid-19 com doses para adultas e após vencimento.

A decisão foi tomada na sessão ordinária desta sexta-feira (4) da Câmara Municipal, a única da semana. Com 7 votos por rejeição ao afastamento de Leo e uma abstenção, o pedido de afastamento foi arquivado.

Em entrevista ao ClickPB, o vice-presidente da Câmara, vereador Arnóbio Franco, disse que afastar o prefeito pelo escândalo seria um julgamento antecipado, já que o Ministério Público Federal (MPF) ainda não concluiu as investigações.

“O não afastamento é devido ao já acompanhamento do Ministério Público e dos órgãos competentes que vão, brevemente, dar um parecer. Estamos aguardando a decisão deles, que são mais responsáveis e que vão se aprofundar mais nessa área, para que o resultado final seja feito da melhor forma possível e para não cometermos um erro nessa situação”, disse.

 

Da Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      12
      Compartilhe