Por pbagora.com.br
 
 

Mais dois candidatos da Paraíba foram condenados a pagar multa de R$ 100 mil cada, por descumprirem medidas restritivas e causarem aglomerações em eventos de campanha.

O candidato da coligação Desenvolvimento com Sentimento, do município de São Bento, Galego Souza, do Progressistas, realizou no último domingo (01) uma carreata/comício, desobedecendo aos protocolos sanitários recomendados, uma vez que não cumpriu a obrigatoriedade do uso de máscaras corretamente, com o distanciamento social e as regras de higienização, causando aglomeração.

“Como se não bastasse o acontecido, o próprio candidato ‘incita’ seus apoiadores a irem ao local do evento, gerando tumulto e aglomeração, descumprindo as regras sanitárias, decisão judicial, e o próprio decreto público municipal que veda aglomeração de qualquer natureza”, frisa o promotor.

Já na cidade de Salgadinho o juiz eleitoral da 65ª Zona, Bruno Medrado dos Santos, condenou a Coligação “Salgadinho no Caminho Certo” a também pagar uma multa de R$ 100 mil por realizar eventos com aglomeração no município.

A coligação é encabeçada pelo atual prefeito e candidato a reeleição, Marcos Alves.

No dia 23 de outubro, o candidato realizou evento com uso de jingles da campanha, uso de adesivos e camisas, causando aglomeração, o que causou uma multa cuminatória.

Já no dia 25, houve descumprimento da decisão judicial havendo assim uma nova carreata com adesivaço, causando nova aglomeração.

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Rede Sustentabilidade nega que esteja apoiando Nilvan Ferreira no 2º turno

Nesta sexta-feira (27), o partido Rede Sustentabilidade divulgou nota negando que esteja dando apoio à candidatura de Nilvan Ferreira, do MDB, no 2º Turno em João Pessoa. A sigla disse…

IBOPE: Cícero aparece na liderança com 58% às vésperas do 2º turno

O Ibope divulgou na noite deste sábado (28) pesquisa eleitoral feita em parceria com a TV Cabo Branco sobre a disputa pela Prefeitura Municipal de João Pessoa. O candidato do…