Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deu continuidade, na sessão
ordinária desta quarta-feira (17), ao esforço concentrado, iniciado na
semana passada, para votar 256 matérias que constam na pauta de votação.
Deste total, oito são vetos do Poder Executivo a projetos dos deputados,
quatro Medidas Provisórias, 21 projetos de Lei, um projeto de Resolução, um
projeto de Lei Complementar e 221 requerimentos.

 Entre oito os vetos, três foram mantidos nesta quarta-feira: o 143/2013,
relacionado ao projeto de Lei 1152/2012, de autoria do deputado Caio
Roberto (PR), que dispõe sobre a inclusão da disciplina de noções básicas
de Direito Constitucional e Cidadania na grade curricular nas redes pública
e privada de ensino do estado; o 144/2013, ao projeto 1186/2012, de autoria
do deputado Vituriano de Abreu (PSC), que dispõe sobre a isenção das taxas
de concursos públicos para os eleitores convocados pela justiça Eleitoral
para prestarem serviços nas eleições.

 O veto 145/2013, ao projeto 1201/2012, ao projeto do deputado Raniery
Paulino (PMDB), que dispõe sobre a indicação do valor de peças
publicitárias relacionados a obras, serviços e campanhas de órgãos da
administração direta e indireta do Governo do Estado, também foi mantido.

Por falta de quórum, a sessão foi interrompida e o restante das matérias
deverá ser votado na próxima semana.

 

ALPB

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPF ajuíza ação de improbidade contra prefeito do Sertão

O Ministério Público Federal (MPF) em Patos (PB) ajuizou ação de improbidade contra Aldo Lustosa, prefeito de Imaculada, município localizado no Sertão paraibano; mais oito pessoas (Dineudes Possidônio, Madson Lustosa,…

Deputado explica motivos de críticas e nega afastamento político do prefeito Romero Rodrigues

Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues…