A Paraíba o tempo todo  |

Deputados federais novatos têm ‘cursinho’ sobre o funcionamento da Câmara Federal

Deputados federais novatos têm ‘cursinho’ sobre o funcionamento da Câmara

Um dia antes da posse na Câmara, no dia 1º de fevereiro, os deputados novatos têm um encontro marcado com a sala de aula. Todos eles foram convidados a participar do 2º Encontro Parlamentar, para aprender mais sobre o regulamento interno, o funcionamento e a rotina administrativa e legislativa da Casa. Os parlamentares reeleitos também podem participar do encontro. 

Veja a divisão por partidos na Câmara e no Senado

Em quatro horas de curso – das 9h às 13h -, os novos parlamentares que aceitaram o convite farão um tour pela Câmara e terão palestras com a jornalista especializada em cobertura política Eliane Cantanhêde e com Gil Giardelli, especialista em estratégias de comunicação no mundo digital.

– Nós esperamos que o número de deputados seja pelo menos igual ao do primeiro curso, em 2007, quando 70% dos parlamentares novos participaram do encontro – diz Pedro Pellegrini, chefe de gabinete da Diretoria-Geral da Câmara, setor responsável pela organização do evento juntamente com a Assessoria de Projetos e Gestão.

Dos 513 deputados que assumirão a vaga na Câmara em fevereiro, 238 não figuravam na lista de parlamentares eleitos para a Casa em 2006. Um índice de renovação de 46,4%, semelhante ao observado na última eleição, quando 46% dos deputados eleitos eram novatos.

– Eu recebi o convite, me ligaram para confirmar se eu iria e disse que sim. É importante você saber como funciona a Casa, porque cada uma tem suas regras – disse Alessandro Molon (PT), que foi deputado estadual no Rio por dois mandatos e será um dos novatos no Congresso.
Deputados e assessores poderão fazer cursos até para aprender a redigir discursos

A "escolinha da Câmara" não para por aí. Já com o mandato iniciado, os deputados e seus respectivos secretariados poderão fazer cursos que variam de um dia a três semanas. Em princípio, estas aulas serão ministradas ao longo do primeiro semestre. Mas tudo depende mesmo é da demanda. São 15 cursos no total, sobre os mais diversos assuntos: Orçamento público, introdução à execução orçamentária, redação de discurso parlamentar, pesquisa legislativa, tramitação legislativa na prática e direito constitucional e administrativo. Isso para citar apenas alguns.

Convite enviado aos deputados sobre o 2º Encontro Parlamentar – Reprodução Os professores são consultores e funcionários da Câmara. Se o curso for dado fora do horário de expediente, o instrutor recebe R$ 99 por hora/aula. Caso as aulas sejam dadas em horário de trabalho, o professor não recebe nada além de seu próprio salário.

Os cursos são ministrados na própria Câmara, no Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor), que dispõe de mais de 20 salas de aulas para ministrar conteúdos a turmas de 30 a 40 pessoas.

Novatos e reeleitos podem ainda tirar dúvidas no ‘Manual do Parlamentar’

Desde o dia 3 de janeiro, quando teve início o período de ambientação, a Câmara oferece uma estrutura especial para que os deputados sejam integrados à Casa. No Espaço do Servidor, foi montada uma área onde parlamentares e assessores podem conhecer os principais serviços da Câmara, a TV e a rádio da instituição.

– Uma equipe também orienta os deputados sobre os diversos setores, porque já estão ocorrendo as reuniões de bancadas – explica Pellegrini.

Também antes da posse, todos os eleitos têm as impressões digitais colhidas para poder participar das votações. As assinaturas dos deputados também são recolhidas para que possam ser conferidas e, assim, evitar falsificações em emendas e projetos. Os gabinetes também já foram sorteados – porque todo mundo quer os melhores, é claro.

Se ainda restar alguma dúvida, os deputados podem recorrer ao "Manual do Gabinete Parlamentar" ou ao manual de "Informações Gerais aos Deputados".

Depois de tantas informações, será que o deputado Tiririca (PR-SP) – eleito com 1,3 milhão de votos após usar o bordão "Você sabe o que faz um deputado federal? Eu também não. Vote em mim que eu te conto" – explicará aos eleitores qual é sua função na Câmara?

 

PB Agora

com informações de O Globo

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe