A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) participou, na manhã desta segunda-feira (25), da visita do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, aos hospitais Napoleão Laureano, em João Pessoa, e Metropolitano, em Santa Rita, onde o ministro anunciou recursos federais para ampliar e qualificar o atendimento nas unidades de saúde. A ALPB foi representada pelos deputados Cabo Gilberto (PSL), Doutora Paula (PP), Wilson Filho (PTB), Felipe Leitão (DEM), Branco Mendes (Podemos) e João Gonçalves (Podemos) participaram do encontro.

Os investimentos anunciados são verbas adicionais para oncologia, urgência e emergência e hospitalar, dentro outros. O Cabo Gilberto destacou a importância do Governo Federal em investir na Saúde do Estado. "Nós não poderíamos deixar de estar presente em um momento tão importante como esse, em que o ministro garante investimentos tão importantes para a nossa população”, disse.

Mandetta liberou R$ 5 milhões para o Hospital Napoleão Laureano para aquisição de um PET-CT, um dos mais modernos equipamentos que fornece diagnóstico preciso da localização de tumores. Além disso, ele autorizou R$ 2,4 milhões para habilitação de um Centro Especializado em Reabilitação em Princesa Isabel, no Sertão paraibano; R$ 5,7 milhões para habilitação dos serviços de quimioterapia e cirurgia oncológicas no Complexo Hospitalar Janduhy Carneiro, em Patos; e veículos para 35 municípios.

O ministro afirmou que a liberação dos recursos será publicada na edição desta terça-feira (26) do Diário Oficial da União e a partir desta formalização serão destinados para os Fundos Estadual e Municipais de Saúde. O deputado Branco Mendes elogiou a postura da bancada federal paraibana de trazer o ministro para a Paraíba, pois a saúde da Paraíba e de todo o Brasil passa por momentos difíceis. “Temos que dar as mãos, valorizar e defender investimentos na Saúde do Estado”, completou.

Já deputada Doutora Paula apelou para que o Ministério da Saúde faça mais investimentos no Hospital Laureano, referência no tratamento do câncer, mas, segundo ela, está sem remédios para fazer sequer quimioterapia. A deputada disse também que o Governo Federal “precisa aumentar os recursos destinados para realização de exames no hospital, que hoje é em torno de R$ 3 milhões, mas deveriam estar na casa dos R$ 5 milhões”.

Wilson Filho e João Gonçalves também parabenizaram a iniciativa do Ministério da Saúde. "Ele veio e trouxe resultados positivos para a Paraíba, juntamente com os representantes da bancada federal paraibana. Aguardaremos agora que possa trazer muito mais recursos para o nosso Estado", ressaltou João Gonçalves. Também estavam presentes a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), o senador José Maranhão (MDB); e os deputados federais: Frei Anastácio (PT), Ruy Carneiro (PSDB), Julian Lemos (PSL), Pedro Cunha Lima (PSDB), Wilson Santiago (PTB) e Efraim Filho (DEM).

 

Assessoria

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: as eleições de 2020 serão marcadas pela polarização, pondo o povo como vítima de uma ‘guerra’ que não é dele

As eleições de 2020 na Paraíba terão sabor e cheiro de polarização política. Uma postura maléfica para o estado e, claro, a todos os eleitores interessados em boas propostas relativas…

Taciano Diniz garante que o G11 continua com João Azevêdo

A peleja interna do PSB não tem abalado as estruturas do unido G11, na Assembleia Legislativa. O grupo, que começou como G9, mas que hoje já comporta 11 parlamentares segue…